segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Palestras Literárias comentam as obras do Vestibular da URCA 2014.1



Palestras Literárias no SESC Crato
Obras literárias do Vestibular da URCA
Outubro de novembro de 2013

29/10 (terça-feira):
Contos Negreiros, de Marcelino Freire
com o Professor Elvis Pinheiro

30/10 (quarta-feira):
Aves de Arribação, de Antonio Sales
com o Professor Aníbal Dantas

31/10 (quinta-feira):
Odes de Ricardo Reis (Fernando Pessoa)
com o Professor Mestre Flávio Queiróz

01/11 (sexta-feira):
Faca, de Ronaldo Correia de Brito
com o Professor Elvis Pinheiro

19/11 (terça-feira):
O Silêncio Laminado do Casulo, de Cleilson Ribeiro
com o Professor Ermano Morais

20/11 (quarta-feira):
Para Viver Um Grande Amor, de Vinicius de Moraes
com a Professora Eveline Graciano.

Horário: 19h
No Teatro Adalberto Vamozi (SESC Crato-CE)
Entrada: 2kg de alimento não-perecível
+ info.: (88) 3586.9163.

.

domingo, 27 de outubro de 2013

'O Homem Que Ri', filme de Paul Leni, em exibição no Cinemarana



Cinemarana do SESC Crato (com mediação de Elvis Pinheiro)
Mostra Expressionismo Alemão
Exibição do filme O Homem Que Ri
Título original: The Man Who Laughs
Direção: Paul Leni
Roteiro: Victor Hugo (novela), J. Grubb Alexander, Walter Anthony, Mary McLean, Charles E. Whittaker
Elenco: Conrad Veidt, Mary Philbin, Brandon Hurst, Julius Molnar Jr., Olga Vladimirovna Baklanova, Cesare Gravina, Stuart Holmes, Samuel de Grasse, George Siegmann
Duração: 110 minutos
Ano: 1928
Países de origem: Estados Unidos, Alemanha

"Herdeiro de um ducado, Gwynplaine (Conrad Veid) é sequestrado quando o garoto e, por ordem do rei, desfigurado. Deixando-o com o rosto esculpido num perpétuo sorriso macabro. Vira atração de circo e torna-se uma famoso palhaço. Esse, é o início da saga do herói de aparência assustadora, mas, de uma humanidade comovente. O diretor e cenógrafo Paul Leni tinha um talento para cenários macabros, e a ambiciosa mistura de morbidez e melodrama histórico, funcionou muito bem para compor este belíssimo e triste filme. Aqui, ele conseguiu construir uma das pontes mais sólidas ao lado de Aurora (Sunrise: A song of Two Humans, 1927), de Friedrich Murnau entre o Expressionismo Alemão e o realismo norte-americano, integrando a plasticidade da cenografia estilizada ao dinamismo das cenas de ação. O grande ator Conrad Veidt (O gabinete de Dr. Caligari), fez aqui uma impressionante interpretação, entre as melhores de todo período silencioso do cinema." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 28 de outubro de 2013, às 19h
No SESC Crato-CE. Entrada gratuita.

.

sábado, 26 de outubro de 2013

Encenações do espetáculo 'O Romance de Cotinha e Pedro Marinheiro'



"Trata-se de um espetáculo musical para todas as idades. As cantigas de roda e de outros compositores que dedicaram suas obras ao popular tradicional são o pano de fundo da história. No bosque da solidão mora uma pequena menininha chamada Cotinha. Ela espera pela chegada de sua alma gêmea que goste de limão azedo e bolo de fubá. E pelo mar se aproxima Pedro Marinheiro, que vem ao encontro de sua amada." (sinopse da divulgação do evento)

Espetáculo O Romance de Cotinha e Pedro Marinheiro
Cia. Matulão (Fortaleza-CE)
Direção: Sâmia Bittencourt
Sábado, 26 de outubro de 2013, 15 e 17h
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte-CE).
Entrada gratuita.

.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

'2001: Uma Odisseia no Espaço' na Bravo! Especial 100 Filmes Essenciais

Do papel # 21



Nesta postagem reproduzimos um texto publicado em uma Revista Bravo! com os (pela revista considerados) 100 filmes essenciais da história do cinema. Clique na imagem abaixo para ampliar a página da revista.
____

2001: Uma Odisseia no Espaço - Stanley Kubrick
Revista Bravo! Especial 100 Filmes Essenciais da História do Cinema (3ª edição, 2009)

Ficção científica revolucionária discute a aventura do homem para compreender o mistério da criação

A odisseia no espaço narrada pelo genial Stanley Kubrick pode parecer tediosa quando vista por olhos acostumados ao ritmo incessante das aventuras intergalácticas de Guerra nas Estrelas (1977) Mas, desde seu ponto de partida, trata-se de uma obra surpreendente: o diretor filma um grupo de hominídeos na pré-história disputando domínio à base de paus e pedras. Por certo, um enigmático monólito que reaparecerá em outra etapa como seu símbolo mais marcante. Até que um osso de animal arremessado para o alto se funde com a imagem de uma espaçonave cruzando o cosmos. Assim, nesse famoso plano que esboça um salto no tempo de milênios, está dado o tom filosófico que só cresce ao longo da narrativa.

Sabe-se que os astronautas terão de enfrentar um computador que assumiu o controle da nave, HAL 9000. Construído para gerenciar a missão a Júpiter, o mecanismo tecnológico fala e raciocina como humano e, vaidoso, não se desviará da sua tarefa: garantir que a viagem seja cumprida, mesmo que para isso tenha de se livrar de seus companheiros. O que reflete mais uma inquietação do diretor em relação ao avanço tecnológico. Esse pedaço de trama, por sua vez, não esconde o verdadeiro centro de interesse de Kubrick nessa história saída da imaginação de autor de ficção científica Arthur C. Clarke (que assina o roteiro com o diretor): traçar um painel da humanidade, desde o nascimento até a morte e introduzir nessa trajetória a visão da transcendência.

Há inúmeras outras referências, como a imagem do sol alinhada com a da lua, um símbolo do zoroatrismo, antiga religião persa fundada pelo profeta Zaratustra, na qual o sol e a lua crescente representam a luta entre a luz e as trevas. Ao som de "Danúbio Azul", de Johan Strauss, e de Assim Falou Zaratustra, de Richard Strauss, entre outras composições eruditas, Kubrick filma o espaço sideral como se fosse o cenário de uma ópera cósmica.

Indicado a quatro Oscar (incluindo Diretor e Roteiro Original), ficou apenas com o de Melhores Efeitos Especiais. Em 1984, o filme ganhou uma continuação, o pífio 2010 - O Ano em que Faremos Contato, dirigido por Peter Hyams.

2001 - Uma Odisseia no Espaço / 2001: A Space Odissey
Diretor: Stanley Kubrick
Estados Unidos/Inglaterra (1968).
Bravo! Especial - 2009

.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

'2001: Uma Odisseia no Espaço', filme de Stanley Kubrick, no Cine Café



Cine Café (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme 2001: Uma Odisseia no Espaço
Título original: 2001: A Space Odyssey
Direção: Stanley Kubrick
Roteiro: Stanley Kubrick, Arthur C. Clarke
Elenco: Keir Dullea, Gary Lockwood, William Sylvester, Douglas Rain, Donald Richter, Leonard Rossiter, Margaret Tyzack, Robert Beatty
Duração: 141 minutos
Ano: 1968
Países de origem: Estados Unidos, Reino Unido

"Uma Odisseia no Espaço é uma contagem regressiva para o futuro, o mapa para o destino da humanidade, uma indagação para o infinito. Ele é fascinante, vencedor do Oscar® de Melhores Efeitos Especiais (1968), mostra o drama entre a máquina e o homem envolto em música e movimento, um trabalho tão influente que Steven Spielberg o comparou com o 'Big Bang' dos produtores de sua geração. Talvez seja o maior trabalho do diretor Stanley Kubrick (que escreveu o roteiro junto com Arthur C. Clarke) que ainda inspira e fascina inúmeras gerações. Para começar sua viagem pelo futuro, Kubrick visita nosso passado ancestral, então salta milênios (em um dos maiores cortes já concebidos) para o espaço colonizado onde o astronauta Bowman (Keir Dullea) entra realmente no universo, talvez até mesmo para a imortalidade. 'Abra a porta HAL'. Deixe o medo e o mistério da aventura invadir você." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 26 de outubro de 2013, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

Duo Finlandia apresenta show no Armazém do Som, em Juazeiro do Norte



Finlandia

"Finlandia é um projeto formado pelo argentino Mauricio Candussi e o brasileiro Raphael Evangelista. O duo Finlandia lança mundialmente o quarto disco da carreira, seguindo com datas já confirmadas no Brasil, América Latina e Europa até 2014.

O novo disco, intitulado Dale, possui participações de músicos dos 4 continentes, entre eles o projeto japonês 'Fugenn', a cantora russa Jelena Jakubovitch e os brasileiros Fernanda Porto e Curumin. Neste novo trabalho, a sonoridade binacional do duo (Argentina e Brasil) dialoga com o resto do mundo, tomando para si influências e colaborações de vários países. O disco foi recém-lançado e já acumula indicações de 'Melhor disco revelação' e 'Melhor disco de música livre' pelo Prêmio Brasil Sul de Música 2013.

A dupla possui um show intenso que funciona bem em palcos de festivais e festas latinas. Já dividiram o palco e gravações com grandes artistas Bnegão, Pitty, Karina Buhr, Pupilo, entre outros. Para este novo show, o duo apresenta um espetáculo intenso e vibrante com repertório dos 4 discos, porém focada no lançamento de seu mais novo trabalho, que vai desde o afoxé até a polka finlandesa, sem perder a essência sul-americana." (sinopse da divulgação do evento)

Site oficial: www.finlandiamusica.com
____

Armazém do Som com Finlandia
Sexta-feira, 25 de outubro de 2013, 20h
No Teatro SESC Patativa do Assaré (Juazeiro do Norte-CE)
Entrada gratuita.

.

Crato: Armazém do Som com o show 'Anúncios', de Célia Dias



Célia Dias. Show "Anúncios".

"Cantora, compositora e intérprete, Célia Dias iniciou sua formação musical na Escola Heitor Villa-Lobos, em Crato-Ceará, e de laboratórios corais promovidos pela Fundação Nacional de Arte do Rio de Janeiro, além de participar de cursos de teclado e violão popular na Escola Livre de Aprendizagem Musical, em Crato.

Como compositora, tem canções bem elaboradas do ponto de vista harmônico e poético, falando de temas simples como: a existência humana, a natureza, os relacionamentos e a ligação com o divino, contemplando a diversidade rítmica essencial aos elementos da música popular brasileira. Já tendo algumas dessas canções gravadas e interpretadas por vários artistas cearenses.

O show 'Anúncios' é um mergulho musical e poético na obra da compositora e cantora Célia Dias, com a participação carinhosa e divertida do jornalista e escritor Xico Sá, imprimindo sua marca na letra da faixa 'Só no Crato', em parceria com a autora, contando também com quatro canções de ícones da música popular brasileira: Caetano Veloso, Zeca Baleiro, Gonzaguinha e Tom Zé." (sinopse da divulgação do evento)
____

Armazém do Som com Célia Dias
Show de lançamento: "Anúncios"
Sexta-feira, 25 de outubro de 2013, 20h
No Teatro Adalberto Vamozi (SESC Crato-CE)
Entrada gratuita.

.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

'De Volta à Normandia', filme de Nicolas Philibert, no Cine Arte Leão



Cine Arte Leão (em parceria com o SESC Juazeiro)
Mostra do Cinema Francês Contemporâneo
Exibição de De Volta à Normandia
Título original: Retour em Normandie
Direção: Nicolas Philibert
Elenco: Anne Borel, Claude Hébert, Nicolas Philibert, Nicole Picard
Duração: 113 minutos
Ano: 2007
País de origem: França

"Em 1975, Nicolas Philibert foi assistente de direção de René Allio em Eu, Pierre Rivière, que degolei minha mãe, minha irmã e meu irmão, baseado num crime local descrito em livro pelo teórico Michel Foucault. Filmado na Normandia, a alguns quilômetros de onde aconteceu o triplo assassinato, o traço mais especial do trabalho de Allio era o fato de que todos os personagens do filme foram interpretados por camponeses da região. Trinta anos depois, Philibert retorna à Normandia para reencontrar estes atores de ocasião, personagens da vida real." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quinta-feira, 24 de outubro de 2013, às 14h
Na Faculdade Leão Sampaio, Campus Saúde (Juazeiro do Norte-CE)
Aberto ao público.

.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

'Trilogia Samurai: Morte no Templo Ichijoji', no Cinematógrapho



Cinematógrapho (com mediação de Elvis Pinheiro)
Mostra de Cinema Japonês
Exibição do filme Trilogia Samurai (II): Morte no Templo Ichijoji
Título original: Zoku Miyamoto Musashi: Ichijôji no kettô
Direção: Hiroshi Inagaki
Roteiro: Hideji Hôjô, Eiji Yoshikawa, Hiroshi Inagaki, Tokuhei Wakao
Duração: 104 minutos
Ano: 1955
País de origem: Japão

"Após anos em busca do aprimoramento espiritual, seguindo os princípios do Bushido ('o caminho do guerreiro'), Musashi retorna a Kyoto para desafiar o líder da melhor escola de espadachins da região. E tem seu amor disputado pela leal Otsu e pela traiçoeira Akemi." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 23 de outubro de 2013, às 19h
No SESC Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

André Matos e Banda e Glory Fate fazem show em Juazeiro do Norte



Show com André Matos e Banda
Tocando o Angels Cry, do Angra, e sucessos do Viper, do Shaman e de sua carreira solo
Abertura: Glory Fate
Sexta-feira, 25 de outubro de 2013, 21h
Na Iguatemi Shows (Juazeiro do Norte-CE)
Realização: Porão Rock.

.

domingo, 20 de outubro de 2013

Encenação do espetáculo 'Besteiras (As Aventuras de um Giullare Moderno)'



Besteiras (As Aventuras de um Giullare Moderno)

"A segunda montagem da companhia é fruto das investigações a cerca da figura do Giullare, artista medieval polivalente, o qual concentrava em si todos os recursos para o entretenimento de plateias em ruas, praças, feiras e castelos, carregando apenas uma mala com acessórios. O espetáculo estreou na Itália e desde então circula por festivais." (sinopse da divulgação do evento)

Sobre: Companhia Circo Godot de Teatro, fundada em 2010 no Recife por artistas brasileiros e italianos com o fito de investigar técnicas fronteiriças de Teatro, Dança, Circo e Música. A Companhia apresentou já em seu primeiro trabalho uma qualidade cênica surpreendente, resultado de anos de estudos individuais, empenho e dedicação.
____

Espetáculo Besteiras (As Aventuras de um Giullare Moderno)
Cia. Circo Godot de Teatro
Segunda-feira, 21 de outubro de 2013, 17h
Na Praça Padre Cícero (Juazeiro do Norte-CE).

.

sábado, 19 de outubro de 2013

'Os Pássaros', de Alfred Hitchcock

Grifo nosso # 71



Os Pássaros (The Birds, Alfred Hitchcock, 1963)

"Por muitas razões, Os pássaros é uma espécie de anomalia na obra cinematográfica de Alfred Hitchcock. Para começar, o diretor nunca esteve tão próximo de dirigir um filme de terror. Talvez seja também a sua fita mais enigmática. Os pássaros convida o espectador a variadas interpretações, mas Hitchcock não dá pistas do que tinha em mente. Se pretendia dar apenas um significado, acabou se desviando dele e dá poucas e provocativas explicações para o horror que transpira da tela.

Tippi Hendren (escolhida a dedo para ser a última de uma longa linhagem de protagonistas louras) chega em Bodega Bay, sonolenta cidadezinha costeira, e esbarra com Rod Taylor em uma loja de animais. Mais tarde, quando decide aparecer de surpresa na casa dele, é atacada por uma gaivota, numa prévia do que ocorreria com a cidade inteira. Praticamente sem aviso prévio, Bodega Bay é atacada por bandos de pássaros em frenesi. Explicação alguma é dada para a matança e ninguém está a salvo. Tudo que os personagens podem fazer é se esconder dentro de casa e esperar o misterioso ataque.

Hitchcock deixou Hendren à beira de um ataque de nervos com sua ética de trabalho cada vez mais sádica e difícil de lidar (talvez uma espécie de resposta agressiva e mal dirigida à aposentadoria precoce de Grace Kelly, sua atriz favorita). De fato, vindo em seguida a Psicose (1960), que contém inúmeras referências a 'pássaros' (tanto o animal quanto uma gíria em inglês para mulheres), talvez Os pássaros tenha sido concebido como uma alegoria sexual misógina, onde o único macho é Taylor, que está cercado por diversas mulheres a disputar sua atenção.

Entretanto, o tema do filme permanece dúbio, na melhor das hipóteses, com Hitchcock privilegiando o horror e os efeitos assustadores. A combinação de pintura matte com alguns pássaros mecânicos e muitos verdadeiros transforma cada ataque em uma experiência atordoante. A tensão aumenta com a ajuda da inovadora trilha sonora eletrônica (supervisionada por Bernard Hermann), uma mistura de estranhos sons que algumas vezes se associam assustadoramente com o grasnar das aves e o ameaçador bater das asas."

Estados Unidos (Alfred Hitchcock, Universal) 119 minutos. Cor; idioma: inglês; direção: Alfred Hitchcock; produção: Alfred Hitchcock; roteiro: Evan Hunter, baseado em conto de Daphne Du Maurier; elenco: Tippi Hendren, Rod Taylor, Jessica Tandy, Suzanne Pleshette, Veronica Cartwright, Ethel Griffies, Charles McGraw, Ruth McDevitt, Lonny Chapman, Joe Mantell, Doodles Weaver, Malcom Atterbury, John McGovern, Karl Swenson, Richard Deacon; Indicação ao Oscar: Ub Iwerks (efeitos especiais).

James Kendrik, no livro 1001 filmes para ver antes de morrer (Editora Sextante, 2008).
____

O filme Os pássaros será exibido neste sábado (19-10-2013), no Cine Café, no Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte-CE).

Para mais informações sobre o evento, clique aqui.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Espetáculo 'Le Petit: Grandezas do Ser' faz apresentação em Juazeiro



Le Petit: Grandezas do Ser

"Antoine de Saint-Exupéry, em O pequeno príncipe, pede desculpas às crianças por dedicar o livro a um adulto, Leon Werth. Diz que essa pessoa grande é capaz de compreender todas as coisas, até mesmo os livros de crianças e que ela está muito carente de consolo, pois mora na França, passa frio e fome. Além disso, diz Exupéry, trata-se de seu melhor amigo. Le Petit: Grandezas do Ser, não leva para a cena a famosa história de Exupéry, mas se serve das relações de amizade nela representadas como fonte de inspiração para mostrar que a amizade é um sentimento forte e de que não se está só quando se tem com quem contar." (sinopse da divulgação do evento)

Sobre: Companhia Circo Godot de Teatro, fundada em 2010 no Recife por artistas brasileiros e italianos, com o fito de investigar técnicas fronteiriças de Teatro, Dança, Circo e Música, a companhia apresentou já em seu primeiro trabalho uma qualidade cênica surpreendente, resultado de anos de estudos individuais, empenho e dedicação.
____

Espetáculo Le Petit: Grandezas do Ser
Direção: Quireles Santana
Com: Damiano Massaccesi
Sábado, 19 de outubro de 2013, às 19h
No Teatro SESC Patativa do Assaré (Juazeiro do Norte-CE)
Entrada: 1kg de alimento não perecível.

.

Mostra de Música Instrumental no Crato



Mostra de Música Instrumental no SESC Crato

Sexta-feira, 18 de outubro de 2013, 20h:
Selestrial (show de lançamento): fazendo uma homenagem a Hermeto Pascoal

Sábado, 19 de outubro de 2013, 19h:
Ibbertson Nobre Jazz Trio: ao lado de Demontier Delamone e João Neto, o grupo singra nos mares do improviso.
Duo Finlândia: um brasileiro e um argentino mesclam influências e recriam estilos com novas roupagens.

No Teatro do SESC Crato-CE. Entrada gratuita.
+ info.: (88) 3586.9163.

.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Crato: Sábado de Dramaturgia no Ninho



Sábado de Dramaturgia no Ninho
Leitura e análise do texto Curral Grande, de Marcos Barbosa

"Durante a seca de 1932, no Ceará, a prática de manter a cidade de Fortaleza afastada da miséria concretizou-se em frentes de trabalho, em políticas de emigração para outros estados e no isolamento de milhares de sertanejos em sete Campos de Concentração. Os Campos, construídos por iniciativa do poder público, foram erguidos em lugares estratégicos do Estado, para garantir o encurralamento do maior número possível de retirantes no sertão do Ceará. Para os flagelados encarcerados, os Campos de Concentração tinham outro nome: eram os Currais do Governo." (sinopse da divulgação do evento)

Sábado de Dramaturgia no Ninho
Dia 19 de outubro de 2013, 19h
Na Casa Ninho (em frente à RFFSA, Crato-CE)
Entrada gratuita.

.

'Os Pássaros', filme de Alfred Hitchcock, em exibição no Cine Café



Cine Café (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Os Pássaros
Título original: The Birds
Direção: Alfred Hitchcock
Roteiro: Evan Hunter
Elenco: Tippi Hedren, Rod Taylor, Jessica Tandy, Suzanne Pleshette, Veronica Cartwright, Ethel Griffies
Duração: 119 minutos
Ano: 1963
País de origem: Estados Unidos

"Nada iguala Os Pássaros em puro terror quando Alfred Hitchcock liberta seus terríveis amigos numa de suas mais chocantes e memoráveis obras-de-arte. Quando a bela loira Melanie Daniel ('Tippi' Hedren) chega à Bodega Bay perseguindo o solteirão Mitch Brenner (Rod Taylor), ela é inexplicavelmente atacada por uma gaivota. Inesperadamente, milhares de pássaros aparecem na cidade, avançando sobre crianças e residentes numa terrível série de ataques. Logo Mitch e Melanie estão lutando por suas vidas contra uma força mortal que não pode ser explicada e tão pouco detida, num dos filmes mais horripilantes de natureza sem controle da história de Hollywood." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 19 de outubro de 2013, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Ilustração e poema sobre a Beata Maria de Araújo

Embalado pra viagem # 95



maria de araújo

tu que deverias estar aqui e não estás.
olho-te defronte um jazigo vazio.
aquele pequeno corpo invólucro de milagres que milagrosamente trouxeram à tona uma cidade que há mais de século se fazia miúdo lugar no fim do mundo.
teus restos – ossos e resíduos putrefatos – foram banidos desta realidade por facínoras delegados duma religião maquiavélica.
seriam santos teus despojos depositados nesta vala?
a crença do homem é teu esquecimento.
tu que sufocada pelo silêncio da rua padre cícero – ironicamente – arrancada dos braços daquele povo antigo que desejava banhar-se com teu sangue fruto de visões divinas.

tua pobreza te puniu.
tua pele negra te puniu.
teu sexo te puniu.

teu povo te puniu.
teu santo te puniu.

juazeiro agradece teu martírio e te esquece todo dia.
____

Poema: Ythallo Rodrigues
Ilustração: Reginaldo Farias

.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

'Amarcord', filme de Federico Fellini, em exibição no Cine Café



Cine Café (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Amarcord
Título original: Amarcord
Direção: Federico Fellini
Roteiro: Federico Fellini, Tonino Guerra
Elenco: Pupella Maggio, Armando Brancia, Magali Noël, Ciccio Ingrassia, Nando Orfei, Luigi Rossi, Bruno Zanin, Gianfilippo Carcano, Josiane Tanzilli
Duração: 123 minutos
Ano: 1973
Países de origem: Itália, França

"Neste longa semi-autobiográfico, Federico Fellini joga luz sobre a pequena cidade italiana de Rimini na década de 30, retratando-a de acordo com suas lembranças de garoto. No período, Mussollini acaba de assumir o poder na Itália. As experiências de Fellini são retratadas por meio do jovem Titta. Muitos elementos presentes em outros filmes de Fellini reaparecem aqui, como a exuberância visual, um quê de sonho e fantasia e personagens estranhos e simpáticos. O filme retrata também, com sensibilidade, o fascismo que toma conta da Itália naquela época. Ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1975." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 05 de outubro de 2013, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

'O Último dos Loucos', filme de Laurent Achard, em exibição no Cine Arte Leão



Cine Arte Leão (em parceria com o SESC Juazeiro)
Mostra do Cinema Francês Contemporâneo
Exibição de O Último dos Loucos
Título original: Le Dernier des Fous
Direção: Laurent Achard
Roteiro: Laurent Achard, Nathalie Najem, Timothy Findley
Elenco: Hande Kodja, Céline Sallette, Gianni Giardinelli, Anaïs de Courson, Isabelle Caubère, Shafik Ahmad, Karine Pinoteau
Duração: 96 minutos
Ano: 2006
País de origem: França

"É verão e começo das férias. Martin tem onze anos, vive na fazenda de seus pais e observa, desamparado, a desunião de sua família: sua mãe vive enfurnada em seu quarto, seu irmão mais velho, que ele adora, se afoga no álcool, e seu pai é dominado pela avó. O menino assiste a um desastre familiar. Mas Mistigri, seu gato, e Malika, uma amiga marroquina procuram lhe reconfortar de alguma forma…" (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quinta-feira, 03 de outubro de 2013, às 14h
Na Faculdade Leão Sampaio, Campus Saúde (Juazeiro do Norte-CE)
Aberto ao público.

.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

'Bom Dia', filme de Yasujiro Ozu, em exibição no Cinematógrapho



Cinematógrapho (com mediação de Elvis Pinheiro)
Mostra de Cinema Japonês
Exibição do filme Bom Dia
Título original: Ohayo
Direção: Yasujiro Ozu
Roteiro: Kogo Noda, Yasujiro Ozu
Duração: 94 minutos
Ano: 1959
País de origem: Japão

"Filme sobre a vida na comunidade de um Japão nos anos 50 com pitadas de Western. Dois garotos imploram aos pais por um televisor, a todo custo. Os pais mandam os filhos pararem com os insistentes pedidos, mas isso trará consequências a toda a vizinhança." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 02 de outubro de 2013, às 19h
No SESC Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.