sábado, 26 de maio de 2018

‘Três Homens em Conflito’, filme de Sergio Leone, em exibição no Cine Café



Cine Café do CCBNB Cariri (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Três Homens em Conflito / O Bom, o Mau e o Feio
Ficha técnica:
Título original: Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo
Direção: Sergio Leone
Roteiro: Agenore Incrocci, Furio Scarpelli, Luciano Vincenzoni, Sergio Leone
Elenco: Clint Eastwood, Eli Wallach, Lee Van Cleef, Mario Brega, Aldo Giuffré, Luigi Pistilli, Rada Rassimov, Al Mulock, Frank Braña, Saturno Cerra, Antonio Casas
Duração: 161 minutos
Ano: 1966
Países de origem: Itália, Espanha, Estados Unidos

“Três homens - o ‘Bom’, o ‘Mau’ e o ‘Feio’ - estão atrás do tesouro de Bill Carson, escondido em um cemitério. Cada um deles conhece apenas uma parte da sua localização, o que faz com que eles tenham que se unir. O problema é que nenhum deles está disposto a dividir o que encontrarem.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 26 de maio de 2018, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

sábado, 19 de maio de 2018

‘Orlando - A Mulher Imortal’, filme de Sally Potter, no Cine Café



Cine Café do CCBNB Cariri (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Orlando - A Mulher Imortal
Ficha técnica:
Título original: Orlando
Direção: Sally Potter
Roteiro: Sally Potter (roteiro baseado em romance de Virginia Woolf)
Elenco: Tilda Swinton, Quentin Crisp, Jimmy Somerville, John Wood, John Bott, Elaine Banham, Anna Farnworth, Sara Mair-Thomas, Anna Healy, Dudley Sutton
Duração: 93 minutos
Ano: 1992
Países de origem: Reino Unido, França, Itália, Holanda, Rússia

“Orlando, um rapaz da nobreza, é ordenado pela rainha Elizabeth para permanecer jovem eternamente.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 19 de maio de 2018, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

sábado, 12 de maio de 2018

‘O Salário do Medo’, filme de Henri-Georges Clouzot, no Cine Café



Cine Café do CCBNB Cariri (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme O Salário do Medo
Ficha técnica:
Título original: Le Salaire de la Peur
Direção: Henri-Georges Clouzot
Roteiro: Georges Arnaud, Henri-Georges Clouzot, Jérôme Géronimi
Elenco: Yves Montand, Charles Vanel, Folco Lulli, Peter van Eyck, Véra Clouzot, William Tubbs, Darío Moreno, Jo Dest, Luis De Lima, Antonio Centa
Duração: 131 minutos
Ano: 1953
Países de origem: França, Itália

“Quatro homens desempregados e miseráveis, que vivem em condições quase desumanas em um pequeno vilarejo da Guatemala, aceitam uma perigosa e desafiadora missão: transportar uma carga altamente explosiva de nitroglicerina em caminhões sem nenhuma estrutura para tanto, ao longo de estradas em péssimas condições, até um incêndio que está acontecendo em um poço de petróleo de uma extratora estadunidense.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 12 de maio de 2018, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Banda Lost Dog apresenta tributo ao Pearl Jam em Juazeiro do Norte



Banda Lost Dog - Pearl Jam Tribute
Após hiato de 1 ano, a banda Fuckin'Up retorna com o nome Lost Dog e novo vocalista
Formação: Dennes (vocal), Juliano (guitarra), Ramon (guitarra), Mauricelio (baixo) e Ricardo (bateria)
Abertura com Discotecagem Temática Grunge
Sábado, 12 de maio de 2018, a partir das 22h
No Raul Rock Bar & Café (Av. Virgílio Távora, 950, Aeroporto)
Juazeiro do Norte-CE
Mais informações: (88)2141.0258 / (88)9.9234.1025.

.

Banda Rebobine apresenta Especial RBD em Crato



Banda Rebobine - Especial RBD
Sábado, 12 de maio de 2018, a partir das 22h
No Casarão Boteco (Crato-CE)
Ingressos: R$10,00 (primeiro lote)
Vendas: Up Fitness (Crato) e Rock Dog (Juazeiro).

.

terça-feira, 8 de maio de 2018

CCBNB realiza Mostra de Música Instrumental nesse mês de maio


O Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri realizará neste mês de maio a Mostra Banco do Nordeste Instrumental. O evento acontecerá entre os dias 17 e 20 de maio e vem trazendo atrações que transitam entre as várias vertentes da música instrumental brasileira, desde o clássico, passando pelo (do erudito ao) popular, até ao que está sendo produzido atualmente sob influências musicais contemporâneas.

Duo Finlândia / divulgação
A Mostra Instrumental será realizada em dois locais diferentes. Nnos dias 17 e 18, as com apresentações acontecerão no teatro do Centro Cultural Banco do Nordeste, em Juazeiro do Norte. Para e nos dias 19 e 20, com shows acontecendo as apresentações acontecerão no Largo da Rffsa, na cidade do Crato.

Para compor a programação do Teatro do Ccbnb, nos dias 17 e 18, foram pensadas atrações com um estilo musical mais calmo, cuja estrutura do espaço favorece a concentração e a oportunidade de apreciar os shows de forma mais tranquila. Já o espaço da Rffsa deve favorecer as atrações que possuem um ritmo mais dançante nos das 19 e 20.

As atrações da Mostra Banco do Nordeste Instrumental são oriundas de São Paulo, Recife, Salvador e da Região do Cariri.
Aeromoças e Tenistas Russas / divulgação
De acordo com a produtora do evento, Janiele Rocha, a ideia da organização da Mostra é dialogar com a pluraridade que existe na Música Instrumental Brasileira, desde o clássico e o popular, até do tradicional aos trabalhos que envolvem a música eletrônica.

Para a realização da Mostra Banco do Nordeste Instrumental, o Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri conta com a parceria da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), que estará realizando montará, no largo da Rffesa, nos dias 17, 18 e 19 de maio, o II Festival Brasil Sabor da Abrasel, uma feira gastronômica que contará com a participação de diversos restaurantes e produtores de bebidas artesanais da região.

Mostra Instrumental será atrativo para diversos públicos

A programação da Mostra Instrumental foi pensada no intuito de contemplar os mais variados vários públicos, com atrações e estrutura para receber, inclusive, as famílias.

No Largo da Rffsa, o II Festival Brasil Sabor, da Abrasel, possuirá um cardápio variado com preços acessíveis. Além disso, a Feira Cariri Criativo, como acontece tradicionalmente, estará instalada em área próxima a realização dos shows expondo e comercializando produtos da economia criativa, promovendo também uma interação com o Festival Gastronômico.

Para a realização do evento entram também na parceria o Projeto Encontramous e o Programa de Educação Tutorial (PET) da Música da Universidade Federal do Cariri UFCA, Secretaria de Turismo e Secretaria de Cultura de Crato.

Confira programação da Mostra Banco do Nordeste Instrumental

Dia 17/05 (Teatro do CCBNB)
Fabricio Rocha - Show Euphonia (Cariri-CE)
Horário: 18h
Aeromoças e Tenistas Russas (São Carlos-SP)
Horário: 19h30

Dia 18/05 (Teatro do CCBNB)
Duo Flutuart - Toca Chiquinha Gonzaga (Cotia-SP)
Horário: 18h

Kalouv - Show Elã
Horário: 19h30

Dia 19/05 (Largo da Rffsa, Crato-CE)
Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto (Cariri-CE)
Horário: 19h

Luciano Brayner - Pife Torto (Cariri-CE)
Horário: 20h30

Dia 20/05 (Largo da Rffsa, Crato-CE)
Duo Finlandia (Brasil/Argentina)
Horário: 19h

Cariri Choramingando (Cariri-CE)
Horário: 20h30

*Com informações da Assessoria de Imprensa do evento

sábado, 5 de maio de 2018

‘O Franco-Atirador’, filme de Michael Cimino, em exibição no Cine Café



Cine Café do CCBNB Cariri (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme O Franco-Atirador
Ficha técnica:
Título original: The Deer Hunter
Direção: Michael Cimino
Roteiro: Deric Washburn, Michael Cimino, Louis Garfinkle, Quinn K. Redeker
Elenco: Robert de Niro, John Cazale, John Savage, Christopher Walken, Meryl Streep, George Dzundza, Chuck Aspegren, Shirley Stoler, Rutanya Alda, Pierre Segiu
Duração: 182 minutos
Ano: 1978
Países de origem: Itália, França

“Três amigos de uma pequena cidade vão para o Vietnã, onde logo as coisas ficam complicadas. Caindo nas mãos dos vietnamitas, são obrigados a jogarem roleta-russa. Eles conseguem fugir, mas suas vidas nunca mais serão as mesmas depois de terem experimentado os horrores da guerra.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 05 de maio de 2018, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

sexta-feira, 27 de abril de 2018

‘Morte em Veneza’, filme de Luchino Visconti, em exibição no Cine Café



Cine Café do CCBNB Cariri (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Morte em Veneza
Ficha técnica:
Título original: Morte a Venezia
Direção: Luchino Visconti
Roteiro: Luchino Visconti, Nicola Badalucco
Elenco: Dirk Bogarde, Romolo Valli, Mark Burns, Nora Ricci, Marisa Berenson, Carole André, Björn Andrésen, Silvana Mangano, Leslie French
Duração: 130 minutos
Ano: 1971
Países de origem: Itália, França

“Baseado na obra de Thomas Mann, conheça a história de Gustav Aschenbach (Dirk Bogarde), um compositor que está passando férias no exterior quando vive uma grande e secreta paixão, que iniciaria sua verdadeira destruição.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 28 de abril de 2018, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Show Caleidoscópio 70: Luiz Carlos Salatiel & Los Fractais, em Crato



Show Caleidoscópio 70
Luiz Carlos Salatiel & Los Fractais
Lançamento da Revista Pequiá
Sexta-feira, 27 de abril de 2018, a partir das 18h30
No Teatro Sesc Adalberto Vamozi
Crato-CE
Entrada gratuita.

.

terça-feira, 24 de abril de 2018

‘Na Presença de um Palhaço’, filme de Ingmar Bergman, no Cine Sesc Juazeiro



Cine Sesc Juazeiro
Exibição do filme Na Presença de um Palhaço
Ficha técnica:
Título original: Larmar och gör sig till
Direção e roteiro: Ingmar Bergman
Elenco: Börje Ahlstedt, Marie Richardson, Erland Josephson, Pernilla August, Anita Björk, Agneta Ekmanner, Lena Endre, Gunnel Fred, Gerthi Kulle, Johan Lindell, Peter Stormare
Duração: 119 minutos
Ano: 1997
País de origem: Suécia

“Outubro de 1925. O engenheiro Carl Åkerblom, fervoroso admirador de Schubert, é internado em um hospital psiquiátrico em Uppsala. De seu quarto, ele alimenta o revolucionário projeto de inventar o cinema falado.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 25 de abril de 2018, às 19h
No Sesc Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

‘Bambuzal’, de Rafael F. Carvalho



por Amador Ribeiro Neto

Rafael F. Carvalho (São Paulo, 1978), bacharel em Letras pela USP, colunista da revista Samizdat, autor de A estante deslocada (2011), A cor do sol (2013), Terceiro livro (2015). O bico do pássaro (Coleção Leve um livro) e Bambuzal (Belo Horizonte: Moinhos), de 2017, são suas mais recentes publicações. Ambas exclusivamente de haicais. Os de O bico de pássaro (na verdade um microlivro) estão todos contidos em Bambuzal. Há apenas um, com formato divergente, em ambas as publicações. Cito-o: “Minha cama é feita / de palha de arroz. Plantar / tem outras intenções”, naquela e “Minha cama é feita / de palha de arroz. / Plantar tem outras intenções”, nesta.

O deslocamento do verbo plantar, no microlivro, semeia novo ritmo e realça a ação do plantio. A interrupção sintática do segundo verso enfatiza a ideia de movimento e, pela pausa, reforça a ambiguidade do verso seguinte: “plantar tem outras intenções”.

Rafael F. Carvalho, ao arquitetar as imagens do poema, revela apurado zelo, realçando-lhes a plasticidade. Todos sabemos que enfatizar a imagem é um dos princípios balizares do haicai. Ao lado do enfoque meditativo. Até aí, nada demais. No entanto, o diferencial de Carvalho está no zelo descritivo das imagens, entretecido por vieses de minúcias. E também na mirada reflexiva que vaza os versos. Esta dupla associação gratifica.

Gratifica pelo sublime em si. Gratifica por pensar o mundo por outros ângulos.

Ora o tempo percebido no ato de matar a sede nas águas do rio. Ora a chuva e o arroz sendo cozido, conjuntamente, pelos moradores da aldeia. Ora os brotos crescendo sob o quimono molhado no bambuzal. Ora a noite assobiando em forma de lua, no bico do pássaro. Etc.

Insisto: o poeta trabalha seus haicais com filigranas de requintada elaboração. E aqui, trabalho e requinte nada têm de erudição vazia. Ou empolada. Antes: o requinte deste trabalho está em verticalizar o coloquial numa dicção ainda mais fluente. Musical. Imagética. Quer seja: poética, de primeiro grau.

É quando a magia cria morada na fala do dia a dia.

Onde residem a beleza e a delicadeza destes haicais? Na semeadura das ideias em campos de imagens, na associação da beleza plástica à reflexão filosófica.

É a filosofia encantando-se pela pintura. Como em O casal Arnolfini, de van Eyk ou em As meninas, de Velázquez. Quer seja: quando filosofia e arte amalgamam-se. Quando pintura e poesia veem-se dentro de si: reverberações em espelhos, quadros, reflexos.

Os haicais de Rafael F. Carvalho operam esta síntese brilhantemente. Apontam para fora e veem-se internamente. Tal como a leveza das folhas do bambuzal, lindamente espalhadas/espelhadas na capa do livro. Movimento que alcança a quarta capa como suave sinfonia.

Em tempo: o projeto gráfico do volume, capa, título e fontes de impressão estão em harmonia zen com os haicais. Tudo é leve, tudo se move. Tudo é finesse. Brisa de encantamentos, o volume é sedução gráfica para os olhos, mente e coração do leitor.

O universo temático haicaísta faz-se presente pela cartada da palavra-curinga arroz – e suas derivações: palhas de arroz, cozer o arroz, comer o arroz. E está contido no uso de vocábulos como lua, noite, insetos, plantação, aldeia, quimono, bambu, mar, pássaros, etc.

O tempo de preparar a comida, as estações do ano, o ato de contar histórias, observar a noite, tocar um instrumento, cuidar da plantação, dar-se conta da velhice – tudo converge, em flashes rápidos e certeiros, para modos de vida familiares ao leitor.

O todo conflui para a beleza da poesia carvalhana. Lê-la é adentrar numa projeção da memória em que as imagens vêm carregadas de ideias. Ideias de quem não somente olha o mundo, mas olha-o pensando, refletindo, sentindo. Significando e ressignificando numa folha de bambu, num bico de pássaro.

A emoção de ler Rafael F. Carvalho é a de encontrar sutilezas na vastidão bruta da vida.

Hoje, poesia, teu nome é encanto, carinho e cuidado em Bambuzal.

Bebendo água em
um rio vi cabelos
grisalhos: inverno



 

Chove na aldeia:
todos cozinham
seu jantar de arroz


 

Meu quimono seca no
pé de bambu. Percebo
brotos crescendo debaixo


 

O bico do pássaro
tem a forma da lua:
A noite vai assobiar


 

O rochedo leva
o mar para o céu:
estrelas de sal


 

Só as crianças
fazem leite de arroz:
a velhice é bruta
____

Amador Ribeiro Neto é poeta, crítico literário e professor titular do curso de Letras da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Publicou, entre outros livros, Lirismo com siso: notas sobre poesia brasileira contemporânea (crítica), Ahô-ô-ô-oxe (poesia), Muitos: outras leituras de Caetano Veloso (crítica) e Barrocidade (poesia). Mora em João Pessoa (PB).

Textos recentes de Amador Ribeiro Neto no blog O Berro:
- Identidade, de Daniel Francoy
- A arquitetura das constelações
- for mar
- Poema das quatro palavras
- Hinos Matemáticos
- Dois olhos sobre a louça branca
- Alarido
- Tudo (e mais um pouco)
- Cadela prateada
- A nova antologia da Adriana Calcanhotto

.

‘Desejos Proibidos’, filme de Max Ophüls, no Cine Sesc Crato



Cine Sesc Crato
Exibição do filme Desejos Proibidos
Ficha técnica:
Título original: Madame de...
Direção: Max Ophüls
Roteiro: Marcel Achard, Annette Wademant, Max Ophüls
Elenco: Charles Boyer, Danielle Darrieux, Vittorio De Sica, Jean Debucourt, Jean Galland, Mireille Perrey
Duração: 105 minutos
Ano: 1953
Países de origem: França, Itália

“Na França do final do século XIX, a condessa Louise, esposa de um rico general, vende os brincos que seu marido lhe presenteara no dia do casamento, para pagar dividas de jogos. Assim tem início uma ciranda de trágicos mal entendidos envolvendo os brincos, o general, a condessa e seu novo amante...” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 23 de abril de 2018, às 19h
No Sesc Crato-CE. Entrada gratuita.

.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Sábado com Festa Terreirada Cearense no Cariri, com Junu e convidados



Festa Terreirada Cearense no Cariri
Show com Junu e convidados especiais
Sábado, 21 de abril de 2018, a partir das 22h
Local: O Cangaço Bar
Juazeiro do Norte-CE
Entrada: R$10,00.

.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

‘Demon’, filme de Marcin Wrona, em exibição no Cine Sesc Juazeiro



Cine Sesc Juazeiro
Exibição do filme Demon
Ficha técnica:
Título original: Demon
Direção: Marcin Wrona
Roteiro: Marcin Wrona, Pawel Maslona
Elenco: Itay Tiran, Agnieszka Zulewska, Tomasz Schuchardt, Andrzej Grabowski, Adam Woronowicz, Wlodzimierz Press, Tomasz Zietek, Katarzyna Gniewkowska
Duração: 94 minutos
Ano: 2015
Países de origem: Israel, Polônia

“Um noivo está possuído por um espírito inquieto no meio de sua própria festa de casamento, nesta tomada inteligente da lenda judaica do dybbuk.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 18 de abril de 2018, às 19h
No Sesc Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

‘Na Teia do Destino’, filme de Max Ophüls, no Cine Sesc Crato



Cine Sesc Crato
Exibição do filme Na Teia do Destino
Ficha técnica:
Título original: The Reckless Moment
Direção: Max Ophüls
Roteiro: Mel Dinelli, Henry Garson, Elisabeth Sanxay Holding, Robert E. Kent, Robert Soderberg
Elenco: James Mason, Joan Bennett, Geraldine Brooks, Henry O'Neill, Shepperd Strudwick, David Bair, Roy Roberts
Duração: 82 minutos
Ano: 1949
País de origem: Estados Unidos

“Após encontrar o corpo do amante da filha, Lucia o esconde, por pensar que isto irá prejudicar sua família. Mas o amigo e parceiro do morto, Martin, logo se aproxima dela para chantageá-la e a segurança que Lucia sentia logo começa a desmoronar.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 16 de abril de 2018, às 19h
No Sesc Crato-CE. Entrada gratuita.

.