terça-feira, 19 de setembro de 2017

‘A Passageira’, filme de Salvador del Solar, no Cine Sesc Juazeiro



Cine Sesc Juazeiro
Exibição do filme A Passageira
Ficha técnica:
Título original: Magallanes
Direção e roteiro: Salvador del Solar
Elenco: Bruno Odar, Camila MacLennan, Christian Meier, Federico Luppi, Graciela Paola, Jairo Camargo, Magaly Solier, Nicolás Galindo, Tatiana Astengo, Tatiana Espinoza
Duração: 109 minutos
Ano: 2015
Países de origem: Peru, Argentina, Espanha

“Lima, Peru. A rotina de Magallanes (Damián Alcázar), um motorista de táxi, vira de cabeça pra baixo quando Celina (Magaly Solier), uma mulher de seu passado sombrio, entra, subitamente, em seu carro. Os dois se conheceram nos anos violentos em que Magallanes foi soldado do exército peruano. Agora, em busca de redenção, o homem vai participar de um arriscado plano para ajudar Celina a superar seus graves problemas financeiros.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 20 de setembro de 2017, às 19h
No Sesc Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

I Encontro de Artes do Cariri promove residência artística com Artistas Cariocas em Juazeiro do Norte



por Hudson Jorge

Um grupo de artistas vindos diretamente do Rio de Janeiro está participando de uma residência artística na cidade de Juazeiro do Norte.

O I Encontro de Artes do Cariri é um acolhimento desse grupo composto por 24 pessoas. Entre eles pesquisadores, arte educadores e atores que trabalham diretamente com a Cultura Popular que estão participando de uma troca de saberes e vivências com mestres da tradição de Juazeiro do Norte.

O encontro está acontecendo através de uma mobilização do Centro de Artes do Cariri que é dirigido pela Cia Carroça de Mamulengos, com apoio Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Cultura.

Reisado Mestre Dodô
A residência consiste no compartilhamento de saberes tradicionais, e promove a perpetuação dos saberes da cultura popular, através de convivências dentro de uma dinâmica próxima à vida.

Baseado nessa ideia, esse encontro é o primeiro de outros que estão por vir. A ideia é proporcionar encontros vivenciais entre esses grupos que vem de fora com Mestres da Tradição Popular de Juazeiro do Norte e da Região do Cariri.

A organização do Encontro de Artes preparou uma programação envolvendo uma série de ações que fazem parte do cotidiano dos mestres e brincantes populares. Além do convívio diário, eventos, oficinas e brincadeiras fazem parte do programa.

Alojamento e residência
Os 24 artistas estão alojados desde o dia 13 de setembro em uma casa alugada por eles no bairro Pirajá e ficarão até o dia 21. Durante todo o período de estadia do grupo em Juazeiro do Norte, há uma intensa convivência com alguns mestres para que a troca de saberes possa acontecer. Além dos saberes da cultura popular, são compartilhadas as refeições, os ambientes e muitas histórias de vida.

A arte como instrumento de transformação social

Raquel Poti - Barracão Centelha
Raquel Poti, uma das coordenadoras do grupo de artistas residentes, disse que conheceu a Cia Carroça de Mamulengos em 2009 e se encantou com o seu trabalho. Segundo ela, porque vai além de um trabalho artístico. Ela visualizou na arte desenvolvida pela Cia uma intenção de transformação social. A partir de então, sentiu inspiração para criação de um grupo que pudesse seguir a mesma linha de trabalho e após 3 anos de atuação, passaram a estudar a Cultura do Cariri.

“Nós já tínhamos um trabalho, tínhamos figurino, tínhamos o coração aberto mas sentíamos necessidade de ter um contato mais próximos com os mestres populares e a cultura da Região. E nós estamos vendo uma cultura rica demais. Muita humanidade! Vemos fitas coloridas, mas o que toca mais a gente é a humanidade dessas pessoas que vivem na cultura”, explica Poti.

Apresentações abertas ao público
Os artistas residentes fazem parte de dois grupos. Um deles é o bloco de Carnaval chamado Terreirada Cearense, que faz apresentações regulares na cidade do Rio de Janeiro. Ele foi criado por iniciativa do músico e compositor juazeirense Geraldo Junior, que morou no Rio por um longo período e estabeleceu ligações com esses artistas.

O outro é o Barracão Centelha, uma companhia de artistas brincantes que cantam, dançam, constroem dramaturgias, poesias e espetáculos e que, com esse trabalho, lutam por mundo mais justo.

Até o momento, eles realizaram três apresentações abertas ao público. A primeira delas foi durante a Procissão de Nossa Senhora das Dores, no dia 15 de setembro, com palhaços e pernas de pau, acompanhados por grupos da tradição popular.

Outras duas aconteceram na praça da Igreja da Mãe Rainha, no bairro pirajá, nas proximidades de onde estão alojados, com o espetáculo Vida de Viajante.

.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Conversas Filosóficas em Juazeiro destaca a Literatura Negra



“O Conversas Filosóficas é um programa fruto da parceria entre a PROCULT-UFCA e o CCBNB, e nesse mês o debate será em torno da Literatura Negra. Este momento visa abordar a Literatura Negra no Brasil, como se institui esse conceito e também abordar a sua importância. Uma vez que se nota uma presença muito tímida dessa Literatura nos espaços destinados à Literatura em geral, bem como a sua propagação. Para isto, faz-se necessário, antes de tudo, lançarmos mão de conceitos como Negritude, Negrismo e Literatura Negra (ou Afrodescendente), além de tentar defini-los. Recorremos às contribuições de teóricos como Zilá Bernd, Eduardo de Assis Duarte, Conceição Evaristo, Jorge Schwartz, Antonio Candido etc. Entendemos que a sociedade brasileira tem sua formação pautada, a priori, em três etnias.” (sinopse da divulgação do evento)
_

Conversas Filosóficas
Literatura Negra
Convidado: Prof. Alexsandro Batista (Alex Baoli)
Terça-feira, 19 de setembro de 2017, 19h
No Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri
Juazeiro do Norte-CE
Entrada gratuita.

.

Coco do Iguape: Sonora Brasil, Circuito 2017/2018 - Na pisada dos cocos



Sonora Brasil - Circuito 2017/2018
Na pisada dos cocos
Coco do Iguape
Terça-feira, 19 de setembro de 2017, às 19h
No Teatro Sesc Adalberto Vamozi
Crato-CE
Entrada gratuita.

.

‘Persona’, filme de Ingmar Bergman, em exibição no Cine Sesc Crato



Cine Sesc Crato
Exibição do filme Persona
Ficha técnica:
Título original: Persona
Direção e roteiro: Ingmar Bergman
Elenco: Bibi Andersson, Liv Ullmann, Margaretha Krook, Gunnar Björnstrand, Jörgen Lindström
Duração: 85 minutos
Ano: 1966
País de origem: Suécia
Classificação indicativa: 18 anos

“Uma enfermeira é designada a cuidar de uma atriz muda, e descobre que seus personagens estão se tornando mais próximos. A cumplicidade entre as duas se transforma em embate.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 18 de setembro de 2017, às 19h
No Sesc Crato-CE. Entrada gratuita.

.

sábado, 16 de setembro de 2017

Banda Total Eclipse apresenta tributo ao Iron Maiden em Juazeiro do Norte



Show da banda Total Eclipse
Tributo ao Iron Maiden
Sábado, 16 de setembro de 2017, a partir das 23h
Local: O Cançaço Bar
Juazeiro do Norte-CE
Ingressos antecipados (R$15,00) na Porão Rock, Avalon Locadora e O Cangaço Bar.

.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

‘Amadeus’, filme de Miloš Forman, em exibição no Cine Café



Cine Café do CCBNB Cariri (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Amadeus
Ficha técnica:
Título original: Amadeus
Direção: Miloš Forman
Roteiro: Peter Shaffer
Elenco: F. Murray Abraham, Tom Hulce, Elizabeth Berridge, Simon Callow, Roy Dotrice, Christine Ebersole, Jeffrey Jones, Charles Kay, Vincent Schiavelli, Barbara Bryne
Duração: 161 minutos
Ano: 1984
País de origem: Estados Unidos

“Cinebiografia fictícia de um dos maiores gênios da música clássica de todos os tempos. A história é contada através de Salieri, antigo músico da corte real.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 16 de setembro de 2017, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

Banda Sol na Macambira apresenta show em Juazeiro do Norte



Banda Sol na Macambira
Cordas, couros e aluá
Sexta-feira, 15 de setembro de 2017, a partir das 22h
Local: O Cangaço Bar
Juazeiro do Norte-CE
Entrada: R$5,00.

.

‘Dúvida’, filme de John Patrick Shanley, em exibição em Barbalha



Cine Café Volante em Barbalha (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Dúvida
Ficha técnica:
Título original: Doubt
Direção e roteiro: John Patrick Shanley
Elenco: Meryl Streep, Philip Seymour Hoffman, Amy Adams, Viola Davis, Joseph Foster
Duração: 104 minutos
Ano: 2008
País de origem: Estados Unidos

“Em 1964, numa tradicional escola católica, um aluno negro é admitido pela primeira vez. Um padre carismático e entusiasta das mudanças vê-se batendo de frente com a intransigência e conservadorismo de uma freira responsável pelo colégio. Disputas de poder, constrangimento, assédio, verdades e mentiras são postas em dúvida.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na sexta-feira, 15 de setembro de 2017, às 19h
No Auditório da Faculdade de Medicina, no Centro de Barbalha-CE. Entrada gratuita.

.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

‘Paulina’, filme de Santiago Mitre, em exibição no Cine Sesc Juazeiro



Cine Sesc Juazeiro
Exibição do filme Paulina
Ficha técnica:
Título original: La patota
Direção: Santiago Mitre
Roteiro: Mariano Llinás, Santiago Mitre
Elenco: Dolores Fonzi, Esteban Lamothe, Oscar Martínez, Cristian Salguero, Laura López Moyano, Ezequiel Díaz, Verónica Llinás, Marcos Machuca, Walter Casco
Duração: 103 minutos
Ano: 2015
Países de origem: Argentina, Brasil, França

“Paulina abandona sua bem sucedida carreira de advogada em Buenos Aires para se dedicar ao ativismo social em sua terra natal, na fronteira entre Argentina, Paraguai e Brasil. Após duas semanas trabalhando em um bairro marcado pela marginalização, ela é atacada por uma gangue.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 13 de setembro de 2017, às 19h
No Sesc Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

I Encontro de Culturas, Artes e Saberes dos Sertões - Tradição e tradução



I Encontro de Culturas, Artes e Saberes dos Sertões - Tradição e tradução
De 12 a 16 de setembro de 2017
Na Escola de Saberes de Barbalha (ESBA)
Praça Engenheiro Dória - Barbalha-CE.
_

OS SERTÕES DOS SABERES

“Falamos muito de sertão, melhor dizendo, dos sertões, que remetem a lugares situados terras adentro, que se distanciam do litoral. São interiores, portanto, caminhos que nos levam a matas virgens e/ou desertos. São travessias de longa distância, sujeitas a solidões e a desafios de sobrevivência material e da alma. Exigem disposição e coragem, paciência e determinação. É preciso saber lidar com as adversidades da natureza e da humanidade, toda aquele que se encoraja por vontade própria ou ardileza do destino a se lançar nessa viagem, que pode ter volta ou não, abrir portas para outros mundos ou nos lançar em abismos inimagináveis.

Por tudo isso, os sertões ligam homens e mulheres de todas as culturas. Por ser povoado por forasteiros e fantasmas, corações saudosos e sensíveis à recriação da vida e do mundo, são capazes de artes mil, de cantorias emocionadas e toques de sangradas violas, de poéticas do começo e do fim do mundo, de mensagens de amor e desafios de enfrentamento. Lembram guerras e guerreiros, mitos de heroísmo e desbravamento. Tentações do diabo e penitências de arrependimento, de paixões violentas e mornos sofreres.

Nos sertões que nos povoam o imaginário como nordestinos do Brasil, estão inscritas as pegadas e cascos de animais em que vieram os nossos ancestrais. Caçadores de índios e tomadores de terras, tocadores de boiada e charqueadores de carne. Senhores ambiciosos por grandes domínios e escravizadores de gente arrancada à força de seus lugares de origem no além-mar. São eles originários de outros continentes e nações. Europas, Orientes, Áfricas e Américas vieram se encontrar nos sertões de cá para redescobrir tesouros e sobrevivências, domínios e padeceres feitos de gozos e desprazeres.

Uma pergunta é sempre feita sobre os sertões. A que indaga sobre o seu significado metafísico e cultural, artístico e existencial, religioso e profano. Quem anda perambulando pelos sertões não vive a normalidade de quem vive no conforto e previsibilidade de cidades, sobretudo, as grandes e/ou litorâneas. Quem se arrisca por seus caminhos e encruzilhadas quer ou precisa testar limites, achar soluções, vislumbrar alternativas de ser e dizer de si e dos outros. Assim, cantando ou orando, se penitenciando ou escravizando os outros, tecendo delicadas poéticas ou chicotes, os sertanejos são todos aqueles que pelo sim ou pelo não viveram tudo de mais difícil e imprevisível que se pode viver.  Vem daí talvez a força artística dos nossos grandes sertões e veredas desse imenso território, cujo contorno se perde no tempo e seus limites nos são dados agora não por métricas e agrimensores e sim pela imaginação.

Nesse sentido, este evento pretende reunir temáticas e debatedores dispostos a elucidar e/ou decifrar as artes e histórias perdidas e achadas desse sertão que nos habita a alma.” (sinopse da divulgação do evento)


PROGRAMAÇÃO

DIA 12/09 (TERÇA-FEIRA)

Noite - 19h ABERTURA

MESA I - Abertura Oficial – Argemiro Sampaio Neto (Prefeito de Barbalha), Everton de Souza Garcia Siqueira (Presidente da Câmara de Barbalha), Rosemberg Cariry (Presidente da ESBA), Secretário de Cultura do Ceará (Fabiano Piúba), Inácio Arruda (secretário da SECITECE), Patrício Melo (Reitor da URCA), Ricardo Ness (Reitor da UFCA), Napoleão Tavares Neves e Josier Ferreira (Pró-Memória de Barbalha), Rômulo Sampaio (Secretário de Cultura de Barbalha), Boaz David (Secretário de Educação de Barbalha).

Apresentação: A Escola de Saberes de Barbalha: Projeto e Percurso - Rosemberg Cariry
Fala de abertura: Secretário Fabiano Piúba
Conferencistas: Prof. Patrício Melo (URCA)
Prof. Ricardo Ness (UFCA)
Coordenador: Prof. Boaz David (Secretário de Educação de Barbalha)

Inauguração do Café Cariri Escola de Saberes de Barbalha

20h30 – Apresentação artística
- GRUPO DE MÚSICA ANCESTRÁLIA (UFCA) - Regência do maestro Weber dos Anjos (UFCA)
- Apresentação/performance da teatral do Grupo Teatral Louco Em Cena – com direção de Gilsimar Gonçalves. Grupo Currupio Povo Cariri.


DIA 13/09 (QUARTA-FEIRA)

Manhã - 9h - 10h30
MESA II - Teatro no Cariri: Espaço e Trânsito cultural
Luís Renato Gomes Moura: “A Criação Teatral e a cultura popular: o ator-brincante e o projeto Reis do Cariri”.
Aline Souza (Grupo de Teatro Louco em Cena/URCA): “De Brincantes a Mestres de
Brincadeiras”.
Cacá Araújo (Crato): “Teatro de Tradição e Teatro de Resistência”.
João Dantas Filho (URCA): “A Influência do Teatro Ibérico na Dramaturgia Nordestina – As Velhas, de Lourdes Ramalho”.
Coordenadora: Ni de Souza (ESBA-Teatro Mateu)

Tarde - 14h – 15h30
MESA III – Culturas Populares: Tradições, Traduções e Vanguardas
Rosemberg Cariry (ESBA): “Movimentos culturais e inquietações no Cariri nas décadas de 1970/80 - Por Exemplo e Nação Cariri”.
Luiz Carlos Salatiel: “Juventude e Renovação – Modernidade no Crato.
Stênio Diniz: “Bienal de Juazeiro e Salão de Outubro: experiências coletivas de artes no Cariri”. Cláudia Rejane Granjeiro (URCA): “Movimento dos Cordelistas "Mauditos": Tradição e transgressão na Literatura de Cordel”.
Roberto Marques (URCA): "Masculinidades, o Consumo e a Cultura Popular Massiva no Nordeste".
Coordenador: Luís Carlos Salatiel (Crato).

Tarde - 15h45 – 17h15
MESA IV – Histórias, Lendas e Mitos no Cariri
Josier Ferreira (URCA/ESBA): “Espaço e Subjetividade: o Padre Ibiapina e a construção dos lugares sagrados pelo Imaginário Popular no Cariri”.
Daniel Walker (Juazeiro): “Padre Cícero e Lampião: Mitos e realidade”.
Sávio Cordeiro (URCA): “O papel dos mitos na trajetória da comunidade do Caldeirão”.
Antônio José Oliveira (URCA): “Os Kariri do Nordeste: Histórias, Memórias e Resistências” Coordenador: Antônio de Luna – Sitõe (ESBA).

Tarde - 17h30 - 19h
MESA V – Movimentos Culturais do Cariri
Alexandre Lucas (Coletivo Camaradas): “Narrativa para o desenvolvimento e o empoderamento social a partir da cultura”.
Jean Alex (Zabumbar): “Auto sustentabilidade nos grupos da Tradição”.
Nélio Luna (Irmandade Rap): “Hip hop, Circuitos e Articulação no Cariri”.
Maria Gomide (Carroça de Mamulengos): “A Carroça de Mamulengos como Escola de
Saberes”.
Luiz Lemos (Jardim) – “Os Caretas de Jardim – Apogeu e dificuldades de um percurso”.
Ni de Souza (Grupo Mateu de Teatro): “O Mateu de Teatro para cultivar a arte popular”. Coordenador: Alexandre Lucas

Noite - 20 h – Apresentações artísticas
- Concerto da DISTINTO DUO (Leone e Wesley) - Escola Vila da Música / SOLIBEL
(Crato).
- Performance do ator-poeta PARAINGA.
- Exibição do filme Manchik - Coletivo Cinema no Interior, 14min, Brasil - Venezuela, 2012 - Grupo de FOLGUEDOS POPULARES do Cariri.


DIA 14/09 (QUINTA-FEIRA)

Manhã - 9h – 11h
Roda de Mestres da Cultura Popular do Cariri (Mestres e brincantes de grupos populares e manifestações artísticas tradicionais do Cariri: Reisado, congadas, lapinhas, Bandas de pífanos, rodas de maneiro pau, penitentes, cantadeiras de excelências, xilógrafos, poetas cordelistas, cantadores-repentistas, aboiadores, pintores, artesões, raizeiros, etc). Coordenador: Jane Ferreira e Celene Queiróz (SEDUC – Barbalha)

Tarde - 14h – 15h30
Mesa VI – A utopia do Divino Espirito Santo e Expressões místicas nos Sertões
Rosemberg Cariry (ESBA) – “Juazeiro e a Terceira Era do Espírito Santo”
Dane de Jade (Escritório Regional da Secult no Cariri) - “A Civilização dos Beatos: Roteiro de Memórias e Desenvolvimento no Sertão do Cariri Cearense”.
Juraci Maia Cavalcante (ESBA/UFC) – “O Culto ao Divino – Trajetória de uma Utopia”.
Carlos Alberto Tolovi (URCA): “Mito, Religião e Política: Padre Cícero e Juazeiro do Norte”. Coordenação: Rômulo Sampaio (Sectur – Barbalha)

Tarde - 15h45 – 17h15
MESA VII - Heranças, Ritos e Religiões nos Sertões
Paula Lyra Santos (URCA): “Católicos no Cariri: embates em torno da formação cristã (18601965)”.
Thiago Carminati (URCA): “Das novenas fetichistas aos ritos de renovação do sagrado Coração de Jesus: os sertões e suas crenças”.
Cícero Joaquim (URCA): “História da Morte e dos Mortos”.
Roberto Viana (URCA): “Uma 'rapa' do antigo no moderno ou uma 'rapa' do moderno no antigo?: os Penitentes Peregrinos Públicos em Juazeiro do Norte, CE”.
Coordenação: Núbia Ferreira (URCA)

Tarde - 17h15 – 18h45
MESA VIII – Fotografias e cinemas – Revelando os Sertões do Mundo
Renato Casemiro - (UFC / UFCA): “Benjamin Abrahão – Fotógrafo e cineasta das Arábias”.
Paula Geórgia Fernandes (SECULT-CE): “Santo Sepulcro - Sublimes Peregrinos”.
Nívia Uchôa: “Fotograf@s Contemporâneos do Cariri”.
Rubens Venâncio: “Fotografia e Ruína”.
Allan Bastos: “Sertão: percurso imperecível. Uma abordagem sobre a desconstrução do estereótipo”.
Coordenadora: Igara Sampaio Lavor (ESBA)

Noite - 19h30 - Apresentações artísticas
- Show de KARINE ALEXANDRINO (Fortaleza)
- Músicos da ESTAÇÃO SONORA (Barbalha)
- Espetáculo de REISADO DO MESTRE REGINALDO do Sítio Lagoa
(Barbalha).


DIA 15/09 (SEXTA-FEIRA)

Manhã - 08h30 – 10h
RODA DE CONVERSA – Cordel e novas formas (Klévison Viana, Arievaldo Viana, Rouxinol do Rinaré, Evaristo, Stênio Diniz, Paiva Neves, Maria do Rosário, Josenir Lacerda, Zé Joel, Tiquinho, Ângela Liberato, Camilo Barbosa, Ernani Tavares, Francisco Timóteo Ribeiro, Josélio Fidélis, Abrahão Batista, Lindicássia Nascimento e de mais poetas-cordelista da Sociedade dos Poetas de Barbalha, bem como de poetas-cordelistas do Cariri e do Ceará.
Palestras:
Klévisson Viana (Tupynanquim): “A renascimento do cordel como fenômeno urbano”.
Abrahão Batista (URCA): “A história do Cordel em Juazeiro do Norte”.
Otávio Menezes (Secult): “Formas de organização dos autores e editores de cordel no Ceará”. Coordenação: Klévison Viana, Rouxinol do Rinaré e Maria do Rosário.

Manhã - 10h30 – 12h
MESA IX: Cariri – Cinema e Audiovisuais do Cariri cearense
Glauco Vieira Fernandes: “A produção audiovisual contemporânea no Cariri”.
Ythallo Rodrigues: "Fazer cinema no Cariri Cearense".
Sérgio Henrique Carvalho Vilaça (URCA): "Inclusão audiovisual como empoderamento e preservação de culturas"
Franklin Lacerda: “Cinema em Juazeiro do Norte – Novos olhares”.
Natacha Muriel López Galucci (UFCA): “Corpos secos, corpos molhados: representações da cultura popular entre os pampas e o sertão”.
Coordenação: Francisco Wagner Ribeiro (URCA).

Tarde - 14h – 15h30
MESA X– Cordel e Literaturas Populares do Nordeste
Tereza Candido Diniz (URCA): “O poeta que andou na garupa da São Jorge: a fabricação de imagens subversivas de Juazeiro do Norte”.
Lindicássia Nascimento (Sociedade dos Poetas de Barbalha): “O cordel em Barbalha”.
Arievaldo Viana (Acorda Cordel): “As origens ibéricas da literatura de folhetos do sertão”. Anna Chistina Farias de Carvalho (URCA): “Catalogação e preservação do acervo de folhetos de Cordel na Lira Nordestina”.
Sued: “Satirika: uma experiência alternativa e sustentável de literatura no Cariri”. Coordenadora: Poetisa Maria do Rosário Lustosa (ICVC / ALB).

Tarde - 15h45 - 17:15
MESA XI – Arqueologia, Antropologia e Patrimônios dos Sertões
Marcélia Marques (UECE): “Vozes Sertanejas na Ressignificação de Sítios Arqueológicos PréColoniais: de Massacre Indígena à Cavaleiros Fantasmas”.
Carlos Vinícius de Frota Albuquerque: “Mestres da cultura e diversidade cultural: representações do patrimônio imaterial cearense”.
Josier Ferreira (URCA/ ESBA): “História e Identidade espacial das cidades sertanejas: fatores que justificam o tombamento e salvaguarda do patrimônio cultural de Barbalha”.
José Wilton (SECULT – Crato) / Rosemberg Cariry (ESBA): : “Badzé: o civilizador do Sertão; o Mito da Pedra da Batateira e o Parque Ecológico do Homem do Sertão”.
Maria Lourdes Macena (IFCE): “Sertões da Memória: uma infância inspirada por vivências das tradições da cultura popular”.
Coordenadora: Maria Lireda de Alencar Noronha (Instituto José Bernardino de Barbalha)

Tarde - 17h30 - 19:00h
MESA XII – Entre o Repente e o Rap, Cantorias e Emboladas: entre a palavra escrita e improvisada em cantoria
Luciano Apolinário – DEXTAPE: “O Rap como compromisso artístico e social”.
João Bandeira de Caldas: “O Repente no Cariri cearense”.
Paulo Roberto (Preto Bomba): “Rap nas ondas do rádio”.
Hamurabi Batista: A poesia nas feiras do Brasil
Coordenador: Toni Sousa (ESBA)

Noite - 19:30h – Apresentações artísticas

- Show MUSICAL DE RAP E REPENTE
(Com cantores de rap, repentistas e poetas cordelistas do Cariri e de Fortaleza):
Preto Bomba e Mac’s Grupo, Dextape, Nego Léo, Tony, Luana, Mano Vanso e outros artistas de Crato, Juazeiro e Barbalha).
- Apresentação de ARTISTAS REGIONAIS
- Espetáculo do CANTADOR “BULE-BULE” - XULAS E BAIÕES (Bahia).
- CANTADORES E REPENTISTAS do Cariri (Crato, Juazeiro e Barbalha).


DIA 16/09 (SÁBADO)

Manhã – 08h30 – 10h
Roda de Conversa com artesãos e Feira das Bonequeiras do Cariri
Palestra de Juliana Loss (UFCA): “O Artesanato no Cariri Cearense”.
Coordenadora: Jane Lima (ESBA) e Rômulo Sampaio (Sectur - Barbalha).

Manhã - 10h30 – 12h
MESA XIII – Os Sertões e a Literatura
Claudio Cledson Novaes (UEFS/NELCI): “120 anos da Guerra de Canudos e o Ciclo
Canudiano: oralidade, erudição e hibridismo na literatura e no cinema”.
Rosilene Melo (UFPB): ”A operação Intelectual da literatura de cordel no Brasil”.
Emerson Monteiro (ICC - Crato): “Aspectos da Literatura no Cariri”.
José Flávio Vieira (Crato): “A Literatura contemporânea no Cariri
Batista de Lima: “Os Sertões na Literatura Nordestina: Tradições e Rupturas”. Coordenador: José Flávio Vieira (Crato).

Tarde - 13h30 – 15:00h
RODA DE CONVERSA - Palestras
– O Centro de Audiovisual e Convergência Digital do Cariri: Possibilidades e impasses do cinema da região do Cariri cearense - coração cultural e geográfico do Nordeste.
– Criação do Cineclube Saberes do Cariri
(Com participação de cineastas da região do Cariri e de Fortaleza).

Palestras de:
- Doug de Paula (Casa Amarela-UFC): “Políticas Públicas de Cinema na Conexão CONNE (Centro-Oeste, Norte e Nordeste).
- Marcos Carvalho – “Cinema no Interior – Uma experiência transformadora”
Coordenador: Rosemberg Cariry (ESBA)

Tarde - 15h30 – 17h
MESA XIV – Música dos Sertões: entre o erudito e o popular.
Weber dos Anjos (UFCA): “Os sertões e as Heranças da Música medieval”.
Maestro Antônio Felipe da Silva (Solibel): “A Escola do Pe. Ágio: uma trajetória da do ensino da música no Cariri”.
João do Crato (Secult – Crato): “A música contemporânea no Cariri: movimento, evolução e impasses”.
Antônio Libério Sampaio de Araújo (Os Águias): “Os Águias e o cenário Pop do Cariri na década de 1970”.
Maestro Bonifácio Salvador: “As bandas de Música tradicionais na formação musical do Cariri cearense”.
Fabiano de Cristo (Coordenador do Grupo de Rabecas da UFCA): “Rabecas do Sertão:
Música de Rabeca e a Cultura Sertaneja”.
Di Freitas (AVBEM): “Orquestra de rabecas e mestres rabequeiros de Juazeiro do Norte”. Coordenador: Di Freitas (AVEBEM – Ponto da Tradições).

Noite – 18h00 – 19h00 - Apresentações artísticas
- Di Freitas – Espetáculo Cariri Encantado (Juazeiro do Norte).
- Orquestra Armorial do Cariri - Cleivan Paiva – Um violão brasileiro.
- Homenagem ao poeta GERALDO URANO: João do Crato, Luiz Carlos Salatiel, Cleivan Paiva (Crato) e outros artistas convidados.
- Grupos de folguedos populares de Barbalha (Sectur/Seduc - Barbalha).

EXPOSIÇÕES E MOSTRAS

XILOGRAVURA - “CORTES DE GERAÇÕES”
(Local: Sede da Escola de Saberes de Barbalha - ESBA) Exposição de artistas e xilógrafos do Cariri cearense.
Curadoria: Alexandre Lucas

XILOGRAVURA - “TESOUROS VIVOS DA CULTURA POPULAR NO CEARÁ”
(Local: Sede da Escola de Saberes de Barbalha - ESBA)
Xilogravuras do poeta e xilógrafo Otávio Menezes (SECULT-CE

EXPOSIÇÃO DE CERÂMICA
“A PEDRA DA BATATEIRA E O MUNDO ENCANTADO DE DONA CIÇA”.
(Local: Sede da Escola de Saberes de Barbalha - ESBA)
Peças de cerâmica da artista LIARA

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA - “SANTO SEPULCRO - SUBLIMES PEREGRINOS”
(Local: Sede da Escola de Saberes de Barbalha - ESBA)
Fotografias de Paula Geórgia Fernandes (SECULT-CE) -

FEIRAS DE CORDEL
(Local: Praça engenheiro Dória e sede da Escola de Saberes de Barbalha - ESBA)
- Feira de Cordel da Sociedade dos Poetas de Barbalha, da Lira Nordestina, da Editora Tupynanquim, da AESTROFE - Associação de Escritores, Trovadores e Folheteiros do Estado do Ceará, dos poetas populares e editores de folhetos do Nordeste.

OUTRAS FEIRAS E ESPAÇOS

- Feira da Associação dos Produtores Artesanais e Alternativos de Barbalha
- Centro Artesanal Mestre Noza de Juazeiro do Norte - Rede de Feiras Agroecológicas e Solidárias do Cariri.
- Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares e solidários – ITEPS - Associação do Sítio Coité e Associações Comunitárias de Barbalha.
- Sítio Barreiras – Frutas do bem.

MOSTRA CARIRI - CINEMA NO INTERIOR
(Local: sede da Escola de Saberes de Barbalha - ESBA, Instituto José Bernardo, Rede de Escolas Públicas de Barbalha e Comunidades Rurais).
- Os Caçadores da Arte Perdida - Coletivo Cinema no Interior, 14 min, Sousa - Paraíba, 2015
- O Nascimento do Poeta - Coletivo Cinema no Interior, 12 min, Pedreiras, Maranhão, 2011
- A Trilha - Coletivo Cinema no Interior, 13 min, Belém do São Francisco - Pernambuco, 2016
- Manchik - Coletivo Cinema no Interior, 14min, Brasil - Venezuela, 2012
- Filme Surpresa, Coletivo Cinema no Interior, +/- 5 min, Barbalha-Ceará, 2017.

Curadoria: Marcos Carvalho (Projeto Cinema no Interior).

.

domingo, 10 de setembro de 2017

‘Sonata de Outono’, filme de Ingmar Bergman, no Cine Sesc Crato



Cine Sesc Crato
Exibição do filme Sonata de Outono
Ficha técnica:
Título original: Höstsonaten
Direção e roteiro: Ingmar Bergman
Elenco: Ingrid Bergman, Liv Ullmann, Lena Nyman, Halvar Björk, Marianne Aminoff, Arne Bang-Hansen, Gunnar Björnstrand, Erland Josephson
Duração: 99 minutos
Ano: 1978
Países de origem: Suécia, Alemanha Ocidental, França
Classificação indicativa: 14 anos

“Uma pianista visita a filha, no interior da Noruega. Enquanto a mãe é uma artista de renome internacional, a filha é tímida e deprimida.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 11 de setembro de 2017, às 19h
No Sesc Crato-CE. Entrada gratuita.

.

sábado, 9 de setembro de 2017

Banda Killer Queen se apresenta em Juazeiro do Norte



3 anos de Raul Rock Bar & Café
Show com a banda Killer Queen
Sábado, 09 de setembro de 2017, a partir das 22h
No Raul Rock Bar & Café
(Av. Virgílio Távora, 950, Aeroporto)
Juazeiro do Norte-CE.

.

Contos do Homem Comum e Limiar do Desconhecido no show de abertura da Mostra Trupe em Ação III



Limiar do Desconhecido
“A Limiar abriga uma gama de estilos, fruto das influências estéticas de seus componentes. Bebe da fonte ‘steampunk’ e permeia pelos capos da música circense, folk, rock progressivo e punk cabaret. Resulta em um som híbrido facilmente associado ao rock alternativo - por criar alternativas de fazer as ‘pedras rolarem’ (rock’n’roll). Em suas composições, inspiram-se tanto na poesia lírica quanto na poesia narrativa, sendo presente em algumas de suas músicas características dos contos gregos e da literatura de cordel.”

Contos do Homem Comum
“Contos do homem comum é um projeto musical performativo autoral que tem como influências musicais o folk, o indie e o minimalismo, e como influência estética o cinema Noir. Em seus enredos, o grupo traz como personagem principal o homem, envolto numa atmosfera de solidão e violência.” (sinopse da divulgação do evento)
_

Trupe em Ação III - Mostra de Espetáculos
Show de abertura: Contos do Homem Comum e Limiar do Desconhecido
Sábado, 09 de setembro de 2017, 19h30
No Teatro Sesc Adalberto Vamozi
Crato-CE
Entrada gratuita.

.

‘O Povo contra Larry Flynt’, filme de Miloš Forman, no Cine Café



Cine Café do CCBNB Cariri (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme O Povo contra Larry Flynt
Ficha técnica:
Título original: The People vs. Larry Flynt
Direção: Miloš Forman
Roteiro: Scott Alexander, Larry Karaszewski
Elenco: Woody Harrelson, Courtney Love, Edward Norton, Brett Harrelson, Donna Hanover, James Cromwell, Crispin Glover, Vincent Schiavelli
Duração: 129 minutos
Ano: 1996
País de origem: Estados Unidos

“Biografia de Larry Flynt, o homem que transformou a revista Hustler, com pornografia explícita, na coqueluche dos anos 70.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 09 de setembro de 2017, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.