domingo, 31 de julho de 2016

Coquetel de lançamento da Revista Sétima (edição 34), em Juazeiro



Coquetel de lançamento da Revista Sétima (edição 34)
Cinema em pauta:
Bate-papo sobre os textos da edição
“Meus 10 melhores filmes” por Virgínia Macedo
Coquetel e sorteio de livros e filmes
Terça-feira, 02 de agosto de 2016, 19h
No Teatro Sesc Patativa do Assaré (Juazeiro do Norte-CE)
Entrada gratuita.

Página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/1650330291960875/

Página da Revista Sétima no Facebook:
https://www.facebook.com/setima.cinema

Textos da Revista Sétima no blog O Berro:
http://oberronet.blogspot.com.br/search/label/S%C3%A9tima%3A%20Revista%20de%20Cinema

.

sábado, 30 de julho de 2016

Muito além da ditadura física



por Erick Linhares

Muito além do cidadão Kane (Beyond Citizen Kane, Dir.: Simon Hartog, 1993) é um documentário do qual pode-se dizer “qualquer coincidência com a semelhança é pura realidade”. Isso poderia ser óbvio se considerarmos que é um documentário, ou seja, um filme sobre o real, sobre o fato, e especificamente neste filme, um fato brasileiro. Porém, muitos fazem vista grossa sobre o tema abordado argumentando serem teorias conspiratórias e com jogo de interesses. Mas, obviamente, é um documentário que lida com um tema e o explora para que o autor dê sua visão sobre o fato explorado. Sendo assim, é certo que os filmes de documentários são passíveis de dúvida, já que sempre irá ter uma vertente parcial, que com isso, a realidade sempre será deturpada de alguma maneira, e o documentário não seria real em si, mas apenas mais uma realidade.

Pois bem, dito isso, devo ressaltar uma diferença do documentário Muito além do Cidadão Kane para uma modalidade televisiva que também vai lidar com o fato e com a realidade: o jornal, mais especificamente o Jornal Nacional. O primeiro foi produzido por Simon Hartog, britânico que brigou com a Rede Globo para ter direitos sobre os fragmentos do documentário em termos de conteúdo. O filme fora exibido no Channel 4, rede televisiva pública do Reino Unido*. Agora lança-se a pergunta: que interesse o Reino Unido tem, ou um diretor britânico, com o Brasil, ou com a rede Globo, ou com Roberto Marinho de expor acusações tão graves? Dificilmente se acharia respostas suficientemente fundadas para essa pergunta, a não ser o fato de querer mostrar em rede pública, no Reino Unido, como num país continental como o Brasil, o 8º em economia daquela época, apesar da concentração de renda, a mídia poderia manipular tanto a população, ter tantas concessões com os órgãos políticos e influenciar a dinâmica social de todo um país, minando todos os territórios com suas antenas e filiais, para que não sobrasse um brasileiro sequer fora do alcance da manipulação. Esse agente ditador, segundo o documentário, tem um personagem específico no filme: a Rede Globo.

Com essas informações fica fácil agora falar do que o Jornal Nacional (JN) se diferencia em termos de documentário e é muito simples: se ele é um programa, instrumento da Rede Globo, rede esta organizada para controlar a dinâmica política do país, manipular e decidir sobre o modo de vida brasileiro, então a parcialidade do jornal está comprometida no sentido de ser tão danosa quanto um ditador que quer implantar sua ideologia autoritária a todo custo. É o que é dito no filme britânico.

Quem tenha dúvidas sobre o que acontece no Brasil, pode considerar esclarecedor o peso de uma ditadura midiática, mas quem acredita em teoria da conspiração é um filme para deixar a pessoa sem argumentos, com fatos históricos feitos por um país extra Brasil. Um documentário muito bem feito, inteligente e com pormenores interessantíssimos. Mas triste, por causar um sentimento de eterno retorno de uma história sobre colonização, european/american way of life, roubo de nossas riquezas e terras, um sentimento de não parecer que temos pátria. Acima de tudo, que esse filme energize a chama da luta social que há dentro de nós.

*O documentário pode ser visto no Youtube.
____


Erick Linhares é formado em Psicologia pela Faculdade Leão Sampaio, onde foi coordenador geral do Centro Acadêmico do curso. Atualmente é bolsista na Especialização em Gestalt Terapia.

Texto originalmente publicado na SÉTIMA: Revista de Cinema (edição 30, de abril de 2016), que é distribuída gratuitamente na Região do Cariri cearense. A Revista Sétima é uma publicação do Grupo de Estudos Sétima de Cinema, que se reúne semanalmente no SESC de Juazeiro do Norte-CE.

Textos recentes da Revista Sétima postados no Blog O Berro:
- Todos eles bruxos 
- As Memórias de Marnie 
- Fassbender e Winslet: um encontro triunfante em ‘Steve Jobs’ 
- Sobre ‘O Menino e o Mundo’ 
- Luís Nachbin: entre passagens e fronteiras
- ‘Acho que já vi esse filme!’: o que se pode (re)ver nas salas de exibição de filmes
- O desejo aguça com o olhar: sobre a Mostra 21 de 2015
- Meus 10 melhores filmes de todos os tempos, por Elvis Pinheiro


.

Rock Animal: show beneficente com quatro bandas em Juazeiro do Norte



Rock Animal - Show beneficente
Com as bandas Silver Lady, Glory Fate, Níquel Cromo e Alternativa 04
Sábado, 30 de julho de 2016, a partir das 23h
No Raul Rock Bar & Café (Av. Virgílio Távora, 950, Aeroporto)
Juazeiro do Norte-CE
Entrada: R$12,00 (inteira); R$6,00 (meia); R$8,00 (antecipado)
Mais informações: (88)9.9234.1025.

.

Lançamento do livro ‘Incêndios da Alma’, de Edianne Nobre, em Crato



“Neste livro somos convidados a conhecer a história da beata Maria de Araújo, uma mulher que ousou viver sua experiência religiosa no Brasil de finais do século XIX. Julgada e condenada pela alta hierarquia da Igreja Católica, Maria se submeteu às ordens da Santa Sé, mas jamais negou suas visões, profecias e encontros com um Cristo humanizado e amoroso.

Mulher, negra e pobre, Maria provocou inquietação e mobilizou padres, médicos, jornalistas, beatas e devotos que a apoiaram e buscaram nela a esperança de uma nova redenção.

Conduzidos pela análise cuidadosa de uma documentação complexa espalhada entre os Arquivo Secreto do Vaticano e do Arquivo da Congregação para a Doutrina da Fé, conhecemos uma mulher cuja trajetória teve desdobramentos inesperados e inimaginados, nos permitindo, através de uma bela narrativa, compreender a História de uma crença.” (sinopse da divulgação do evento)
__

Lançamento do livro:
Incêndios da Alma: a beata Maria de Araújo e o milagre de Juazeiro
De Edianne Nobre
Venda de livros, conversa e autógrafos com a autora, participação de Joaquina Carlos em performance cênica e intervenção em artes visuais
Sábado, 30 de julho de 2016, 19h
No Espaço Cultural Casa do Becco
Rua José Carvalho, 403 (Crato-CE).

.

Oficina Isogravura com Lívio do Sertão



“A isogravura (gravura em isopor) é uma técnica de gravura diferente. Consiste na utilização de isopor como suporte para o desenho. Nele gravamos um desenho que é reproduzido como um carimbo. O melhor é que é uma técnica simples e de baixo custo, onde boa parte dos materiais se acham em casa mesmo. Público de todas as idades podem participar da atividade.” (sinopse da divulgação do evento)
__

Oficina Isogravura
Com Lívio do Sertão
Sábado, 30 de julho de 2016, das 14h às 18h
No Museu Histórico do Crato (Rua Senador Pompeu, 502, Centro)
Crato-CE
Atividade gratuita.

.

‘Kramer versus Kramer’, filme de Robert Benton, no Cine Café



Cine Café (com mediação e curadoria de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Kramer versus Kramer
Ficha técnica:
Título original: Kramer vs. Kramer
Direção: Robert Benton
Roteiro: Robert Benton (baseado em romance de Avery Corman)
Elenco: Dustin Hoffman, Justin Henry, Meryl Streep, Jane Alexander, Howard Duff, George Coe, JoBeth Williams, Bill Moor, Howlard Chamberlain, Jack Ramage
Duração: 105 minutos
Ano: 1979
País de origem: Estados Unidos

“Ted Kramer sempre colocou o trabalho à frente da sua família.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 30 de julho de 2016, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Cômodo Marfim e Wado na Mostra de Bandas Armazém do Som 2016



Mostra de Bandas Armazém do Som 2016
Show com Cômodo Marfim e Wado
Sábado, 30 de julho de 2016, a partir das 19h
No Estacionamento do Sesc Crato-CE
Entrada gratuita.

.

Encenações do espetáculo ‘Esperando Comadre Daiana’ em Juazeiro do Norte



“Com um tema genuinamente nordestino, a comédia Esperando Comadre Daiana, escrita pelo dramaturgo Emmanuel Nogueira - premiado em concursos de dramaturgia nacional e local, com destaque para os primeiros lugares no ‘Prêmio Funarte de Dramaturgia/2005 - Região Nordeste’ e no ‘4º Concurso Nacional de Dramaturgia - Prêmio Carlos Carvalho – de Porto Alegre-RS’, conta a história de duas mulheres recatadas, nordestinas e interioranas (Esmeralda e Venância) que resolvem fazer da criada (Perpétua) a afilhada da princesa Daiana. Elas acreditam cegamente que esta ação trará reconhecimento, fama e fortuna, mudando para sempre suas simplórias vidas de mulheres do interior. Para verem seus sonhos realizados escrevem uma carta B princesa Daiana, dando notícia do batismo e da aguardada visita.

Deste modo, a peça faz um passeio pelas crenças e costumes que envolvem a cultura nordestina. E, a partir do riso, elabora uma crítica a esse narcisismo às avessas, a essa idolatria ao outro, ao estrangeiro, que insiste em emparedar todos nós – cearenses/nordestinos, afinal, deixa-se de (re)conhecer os valores locais em benefício de valores outros, distantes, construído de modo vertical e homogêneo pela mídia e a indústria do entretenimento.” (sinopse da divulgação do evento)
__


Espetáculo Esperando Comadre Daiana
Companhia de Teatro LivreMente
Gênero: Comédia
Dias 29 e 30 de Julho de 2016, 20h
No Teatro Sesc Patativa do Assaré (Juazeiro do Norte-CE)
Entrada: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)
Indicação etária: 14 anos (crianças/adolescentes acompanhados dos pais)
(Ingressos disponíveis no SAC da unidade - Horário comercial)
Mais informações: (88)3587.1065 / 3512.3355.

.

Os Gramofones e Madalena Vinil na Mostra de Bandas Armazém do Som



Mostra de Bandas Armazém do Som 2016
Show com as bandas Os Gramofones e Madalena Vinil
Sexta-feira, 29 de julho de 2016, a partir das 19h
No Teatro Adalberto Vamozi (Sesc Crato-CE)
Entrada gratuita.

.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Cinemaço no Cangaço: Manifesto Sétima Pela Arte - 1º ato, em Juazeiro do Norte



Cinemaço no Cangaço: Manifesto Sétima Pela Arte - 1º Ato:
Exibição dos curtas Sales e Salas, A Cova e
Leitura do Manifesto Sétima Pela Arte
Discotecagem com Saulo Portela e Samuel Macêdo
Sexta-feira, dia 29 de julho de 2016, a partir das 19h
No Cangaço Rock Bar (Juazeiro do Norte-CE)
Realização: Sétima (Revista e Grupo de Estudos de Cinema) e Bar O Cangaço.

.

‘Encontros e Desencontros’, filme de Sofia Coppola, em exibição em Barbalha



Cine Café Volante em Barbalha (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Encontros e Desencontros
Ficha técnica:
Título original: Lost in Translation
Direção e roteiro: Sofia Coppola
Elenco: Scarlett Johansson, Bill Murray, Giovanni Ribisi, Fumihiro Hayashi, Daikon, Hiroko Kawasaki, Anna Faris, Asuka Shimizu, Akiko Takeshita, Ryuichiro Baba
Duração: 102 minutos
Ano: 2003
Países de origem: Estados Unidos, Japão

“Bob Harris é um ator de sucesso, e bem que podia estar representando Shakespeare em algum teatro pelo mundo e sendo feliz.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na sexta-feira, 29 de julho de 2016, às 19h
No CEU Mestre Joaquim Mulato, Parque da Cidade de Barbalha-CE. Entrada gratuita.

.

Zaubar e Algarobas fazem show na Mostra de Bandas Armazém do Som



Mostra de Bandas Armazém do Som 2016
Show com as bandas Zaubar e Algarobas
Quinta-feira, 28 de julho de 2016, a partir das 19h
No Teatro Adalberto Vamozi (Sesc Crato-CE)
Entrada gratuita.

.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Programação Orient Cinemas Cariri Shopping - de 28/07 a 03/08/2016

A Lenda de Tarzan
(The Legend of Tarzan, 2015)
Direção: David Yates
Produção: David Barron, Alan Riche, Jerry Weintraub, David Yates
Produção executiva: Bruce Berman, Susan Ekins, Nikolas Korda, Mike Richardson, Peter Riche
Elenco: Alexander Skarsgard, Samuel L. Jackson, Christoph Waltz, Margot Robbie, Adrian Palmer, Ella Purnell, Djimon Hounsou, Alicia Woodhouse
País: EUA
Estreia: 21/07/2016
Gênero: Ação, Aventura
Duração: 110 minutos
Distribuidor: Warner Bros.
Classificação indicativa: 12 anos
Sinopse: Passaram-se anos desde que o homem conhecido como Tarzan (Skarsgård) deixou as selvas da África para trás para levar uma vida burguesa como John Clayton III, Lorde Greystoke, com sua amada esposa, Jane (Robbie) ao seu lado. Agora, ele é convidado a voltar ao Congo para servir como um adido comercial do Parlamento, sem saber que na verdade ele é uma peça usada em uma ação de ganância e vingança, organizada pelo belga Capitão Leon Rom (Waltz). Porém, as pessoas por trás dessa trama assassina não fazem ideia do que estão prestes a desencadear. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h50, 16h20, 18h50 (Sala 1)
Legendado: 21h20 (Sala 1)
__


Jason Bourne
(Jason Bourne, 2016)
Direção: Paul Greengrass
Produção executiva: Christopher Rouse
Produção: Matt Damon, Gregory Goodman, Paul Greengrass, Frank Marshall
Elenco: Matt Damon, Alicia Vikander, Julia Stiles, Vincent Cassel, Tommy Lee Jones, Neve Gachev, Ato Essandoh, Scott Shepherd
País: EUA
Estreia: 28/07/2016
Gênero: Ação, Thriller
Duração: 123 minutos
Distribuidor: Universal Pictures
Classificação indicativa: 14 anos
Sinopse: Matt Damon retorna para seu papel mais icônico em Jason Bourne. Paul Greengrass, o diretor de A supremacia Bourne e O Ultimato Bourne, novamente se junta a Damon para o próximo capítulo da franquia Bourne da Universal Pictures, na qual encontra o ex-agente mais letal da CIA retirado das sombras. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h, 15h40, 18h20 (Sala 2)
Legendado: 21h (Sala 2)
__


O Bom Gigante Amigo
(The BFG, 2015)
Direção: Steven Spielberg
Produção executiva: Kathleen Kennedy, Kristie Macosko Krieger, John Madden, Michael Siegel
Produção: Frank Marshall, Sam Mercer, Steven Spielberg
Elenco: Rebecca Hall, Bill Hader, Mark Rylance, Jemaine Clement, Matt Frewer, Penelope Wilton, Ólafur Darri Ólafsson, Adam Godley
País: Inglaterra, Canadá
Estreia: 28/07/2016
Gênero: Aventura, Família, Fantasia
Duração: 115 minutos
Distribuidor: Walt Disney Studios
Classificação indicativa: livre
Sinopse: O clássico O Bom Gigante Amigo, de Roald Dahl, finalmente ganha vida graças à união do talento de três dos maiores contadores de histórias do mundo, Roald Dahl, Walt Disney e Steven Spielberg. Dirigido por Spielberg, o filme O Bom Gigante Amigo da Disney narra a história cheia de imaginação de como um Gigante apresenta à pequena Sofia as maravilhas e os perigos da Terra dos Gigantes. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h40, 16h10, 18h40 (Sala 3)
Legendado: 21h10 (Sala 3)
__


Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina
(Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina, 2015)
Direção: Mauricio Eça
Elenco: Maisa Silva, Larissa Manoela, Jean Paulo Campos
País: Brasil
Estreia: 14/07/2016
Gênero: Aventura, Comédia
Duração: 90 minutos
Distribuidor: Downtown/Paris
Classificação indicativa: livre
Sinopse: Em Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina as crianças da Escola Mundial vão viver mais uma grande aventura! Os malvados vilões Gonzales e Gonzalito saíram da prisão e resolveram colocar seu plano de vingança em prática. Para isso, eles pegaram Maria Joaquina e disseram que só vão devolvê-la se as crianças conseguirem passar por diferentes e perigosas provas criadas por eles mesmos. E não vai ter moleza! Para encarar essas provas, os alunos da escola Mundial terão de se mostrar muito espertos para desvendar charadas, muito preparados fisicamente para vencer os desafios mais absurdos e muito criativos para encontrar a saída a todo tipo de enrascada. Será que eles irão conseguir vencer as provas e salvar Maria Joaquina? Mais do que isso: será que eles vão querer salva-la? (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 13h30, 15h30, 17h30, 19h30 (Sala 4)
__


Entre Idas e Vindas
(Entre Idas e Vindas, 2014)
Direção: José Eduardo Belmonte
Elenco: Fábio Assunção, Ingrid Guimarães, Rosanne Mulholland, Alice Braga, Carol Abras, João Assunção
País: Brasil
Estreia: 21/07/2016
Gênero: Comédia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Classificação indicativa: 12 anos
Sinopse: Amanda, Sandra, Cillie e Krisse, quatro amigas que trabalham no departamento de telemarketing de uma empresa, embarcam em um motorhome para fazer uma viagem de férias pelo litoral sul de São Paulo. Enquanto isso, Afonso e Benedito, pai e filho, tentam chegar à capital paulista em um velho carro Lada. Benedito não sabe, mas Afonso está levando o menino para encontrar a mãe, que não vê há seis anos, desde que ela ganhou uma bolsa de estudos e se mudou para Paris. Quando o Lada de Afonso quebra na estrada, sem possibilidade de conserto, as meninas do telemarketing socorrem Afonso e Benedito. E o que seria uma simples carona acaba se transformando em uma viagem cheia de aventuras e transformações pessoais. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 21h30 (Sala 4)
__ 


Procurando Dory
(Finding Dory, 2015)
Direção: Andrew Stanton
Produção executiva: John Lasseter
Produção: Lindsey Collins
Elenco: Vozes de: Ellen DeGeneres, Albert Brooks, Idris Elba, Dominic West, Diane Keaton, Ed O´Neill, Ty Burrell, Kaitlin Olson
País: EUA
Estreia: 30/06/2016
Gênero: Animação, Aventura, Comédia
Duração: 103 minutos
Distribuidor: Walt Disney Studios
Classificação indicativa: livre
Sinopse: Procurando Dory, da Disney•Pixar, reúne a esquecida Dory e seus amigos Nemo e Marlin na busca por respostas sobre seu passado. O que ela se lembra? Quem são seus pais? E onde ela aprendeu a falar baleiês. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 14h10, 16h20, 18h30 (Sala 5)
__


Caça-Fantasmas
(Ghostbusters, 2016)
Direção: Paul Feig
Produção: Amy Pascal, Ivan Reitman
Produção executiva: Dan Aykroyd, Ali Bell, Paul Feig, Jessie Henderson, Michele Imperato, Joe Medjuck, Tom Pollock, Ivan Reitman, Ben Waisbren
Elenco: Kristen Wiig, Melissa McCarthy, Kate McKinnon, Leslie Jones, Cecily Strong, Bill Murray, Chris Hemsworth, Dan Aykroyd
País: EUA
Estreia: 14/07/2016
Gênero: Ação, Comédia, Ficção-científica
Duração: 116 minutos
Distribuidor: Sony Pictures
Classificação indicativa: 10 anos
Sinopse: Trinta anos depois do sucesso do clássico, Caça-Fantasmas está de volta e revitalizado para a nova geração. O diretor Paul Feig combina todos os elementos paranormais que tornaram a franquia tão amada, com um elenco de novos personagens, interpretados pelos atores mais divertidos dessa geração. Prepare-se para vê-los salvando o mundo! (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 20h40 (Sala 5)
__


A Era do Gelo: O Big Bang
(Ice Age: Collision Course, 2015)
Direção: Mike Thurmeier, Galen T. Chu
Produção: Lori Forte, Carlos Saldanha
Produção executiva: Carlos Saldanha, Chris Wedge
Elenco: Vozes de: John Leguizamo, Keke Palmer, Ray Romano, Denis Leary, Wanda Sykes, Chris Wedge, Liam Ward
País: Estados Unidos
Estreia: 07/07/2016
Gênero: Animação
Duração: 100 minutos
Distribuidor: 20th Century Fox
Classificação indicativa: livre
Sinopse: A épica perseguição de Scrat pela noz o impulsionou ao universo, onde ele acidentalmente desencadeia uma série de eventos cósmicos que transformam e ameaçam A Era do Gelo. Para salvarem-se, Sid, Manny, Diego e o resto do grupo devem deixar sua casa e embarcar em uma missão cheia de comédia e aventura, viajando por novas terras exóticas e encontrando uma série de novos personagens coloridos. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h50, 15h55, 18h, 20h20 (Sala 6)
______________________________________

 

Ingresso:
Valores Inteiros (exceto Sala 3D Digital):
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$14,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$ 18,00

Valores Inteiros para a Sala 3D Digital:
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$18,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$24,00.

Promoção:
De segunda a quarta-feira, todos os ingressos por R$ 7,00, exceto sessões 3D (R$9,00 + R$8,00 óculos)

No Cinema do Cariri Garden Shopping (Juazeiro do Norte-CE)
Site Orient Cinemas: http://www.orientcinemas.com.br/
Número de telefone do cinema: (88) 3571.8275.

Programação sujeita a alterações.

.

Natabela e Nazirê (Acústico) na Mostra de Bandas Armazém do Som 2016



Mostra de Bandas Armazém do Som 2016
Show com as bandas Natabela e Nazirê (Acústico)
Quarta-feira, 27 de julho de 2016, a partir das 19h
No Teatro Adalberto Vamozi (Sesc Crato-CE)
Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Lower e Sanitário Sexy na abertura da Mostra de Bandas Armazém do Som



Mostra de Bandas Armazém do Som 2016
Show com as bandas Lower e Sanitário Sexy
Terça-feira, 26 de julho de 2016, 19h
No Teatro Adalberto Vamozi (Sesc Crato-CE)
Entrada gratuita.

.

‘Inverno de Sangue em Veneza’, filme de Nicolas Roeg, no Cine Sesc Juazeiro



Cine Sesc Juazeiro (com curadoria de Elvis Pinheiro e mediação de Saulo Portela)
Exibição do filme Inverno de Sangue em Veneza
Ficha técnica:
Título original: Don't Look Now
Direção: Nicolas Roeg
Roteiro: Allan Scott, Chris Bryant (roteiro baseado em conto de Daphne du Maurier)
Elenco: Julie Christie, Donald Sutherland, Hilary Mason, Clelia Matania, Massimo Serato, Renato Scarpa, Adelina Poerio
Duração: 110 minutos
Ano: 1973
Países de origem: Reino Unido, Itália

“Casal viaja para Veneza para se recuperar de uma perda terrível.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 27 de julho de 2016, às 19h
No Sesc Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

Mostra de Bandas Armazém do Som 2016 em Crato



Mostra de Bandas Armazém do Som 2016
De 26 a 30 de julho de 2016, a partir das 19h
No Teatro Adalberto Vamozi (Sesc Crato) e Praça do Cruzeiro
Crato-CE
Entrada gratuita
Mais informações: (88) 3586.9163.

Programação:

Terça-feira, 26 de julho: 
19h: Lower
20h: Sanitário Sexy

Quarta-feira, 27 de julho:
19h: Natabela
20h: Nazirê

Quinta-feira, 28 de julho:
19h: Zaubar
20h: Algarobas

Sexta-feira, 29 de julho: 
19h: Os Gramofones
20h: Madalena Vinil

Sábado, 30 de julho:
19h: Cômodo Marfim
20h: Wado.

.

domingo, 24 de julho de 2016

Todos eles bruxos



por Saulo Portela

Em 1997 ganhei um moderníssimo Almanaque de Cinema, e encantado com o presente, passo então a consumir suas páginas e devorar sinopses e críticas de vários filmes, que traziam logo ao lado do título uma classificação que variava de uma a cinco estrelas. Um dos filmes que possuía classificação máxima era O Bebê de Rosemary (1968), então corri pra locadora mais próxima (a extinta Arco-íris, em frente à Praça Pe. Cícero) e o aluguei pra assistir com um amigo.... Nossa, foi uma decepção só! Como pode um filme ter um bebê no título e ele sequer aparecer?! Lá estava eu, desolado e aborrecido no auge da minha adolescência com essa propaganda enganosa.

Alguns anos mais tarde, depois de aguçar minha criticidade com centenas de filmes, torno a ver este clássico, e o resultado agora é outro e extremo: me apaixono por Rosemary, por Polanski, e o antes odiado passa agora a ser meu filme de horror favorito.

Pois bem, falemos então sobre o filme agora. A década de 60 estava tomada por dúzias de filmes que abordavam o tema bruxaria, satanismo e ocultismo. Aproveitando a tendência, Ira Levin lança em 1967 o romance Rosemary’s Baby, que rapidamente se tornou um best seller, e já no ano seguinte, William Castle comprou os direitos do livro e levou o projeto para Rober Evans, da Paramount Picture. A ideia é aceita, porém a produtora não quer Castle na direção, já que este fazia filmes caricatos e de baixo orçamento. A participação do produtor se resume a uma rápida aparição na cena da cabine.

Roman Polanski, já famoso na época por Repulsa ao Sexo (1965), é convidado para ocupar o cargo de diretor. O longa a ser produzido contará a saga de um jovem casal, Guy e Rosemary Hoodhouse, que moram em Nova Iorque e estão à procura de um apartamento maior. Visitando o edifício Dakota, rebatizado de Bramford, se encantam pelo local. Guy, um jovem e ambicioso ator, passa a ter uma estranha relação com um casal de idosos que são seus vizinhos, relação esta que evolui ao ponto dele fazer um pacto com o demônio, oferecendo sua inocente esposa como barriga de aluguel pro tinhoso.

A história que poderia ter sido abordada e tratada como mais um filme de terror, é conduzida com maestria por Polanski. Seus acertos iniciam-se então na escolha do elenco. Rosemary no livro é descrita como uma típica e robusta americana, mas o diretor deseja um rosto conhecido para alavancar o projeto, e embora tenha cogitado dar o papel a sua esposa Sharon Tate, entrega-o à frágil e doce Mia Farrow. Para interpretar Guy, Jack Nicholson chegou a ser cotado, mas optaram por John Cassavetes, pois queriam alguém com feições de ator. Para personagens secundários são convidados atores da velha guarda de Hollywood.

Polanski é extremamente fiel à obra de Levin, usando diálogos, paleta de cores e figurinos tais como são descritos no livro. Para dar veracidade à cena do culto onde Rosemary engravida, Anton LaVey, fundador da Igreja de Satã e autor da Satanic Bibles, é convidado para dar consultoria.

O que é mais encantador nessa película é a total ausência de sangue, cenas violentas e sustos, o espectador é envolvido na atmosfera doentia do Bramford, criando uma relação direta com a protagonista. Rosemary, frágil e grávida, nos cativa e nos apavora à medida em que vai descobrindo os planos que a elite ocultista tem para seu filho. O filme ainda é conhecido por uma série de trágicas coincidências que ocorreram durante e após sua produção, dentre eles podemos citar o divórcio de Mia Farrow do cantor Frank Sinatra durante as gravações, pois ele ficou incomodado com a cena de nudez; a morte ritualística de Sharon Tate, grávida de oito meses, catorze meses após o lançamento do filme, por membros da família Manson, num crime que ficou conhecido por “Helter Skelter” (nome de uma música dos Beatles que significa decadência), ela foi morta em casa com 16 facadas e os assassinos escreveram com seu sangue na parede a frase “morte aos porcos”, os autores do crime eram seguidores de Anton LaVey; Jonh Lenon foi morto no prédio onde se deram as gravações; William Castle, em 1969, é internado com falência renal e em meio aos seus delírios dizia: “Rosemary, pelo amor de Deus, largue essa faca!”; no mesmo hospital estava Krystof Komeda, compositor da trilha sonora do filme, que veio a falecer por conta de um coágulo no cérebro.

Não seria exagero afirmar que O Bebê de Rosemary abriu caminhos pra filmes como O Exorcista (1973) e A Profecia (1976), que apavoraram gerações e criaram uma legião de fãs do gênero. Então, se por algum motivo você viveu em uma caverna desde a década de 60 e ainda não o viu, sugiro fazê-lo o mais breve possível. Amanhã pode ser tarde.
____


Saulo Portela, 34 anos, professor de matemática, apaixonado por cinema e principalmente pelo gênero horror.

Texto originalmente publicado na SÉTIMA: Revista de Cinema (edição 29, de março de 2016), que é distribuída gratuitamente na Região do Cariri cearense. A Revista Sétima é uma publicação do Grupo de Estudos Sétima de Cinema, que se reúne semanalmente no SESC de Juazeiro do Norte-CE.

Textos recentes da Revista Sétima postados no Blog O Berro:
- As Memórias de Marnie 
- Fassbender e Winslet: um encontro triunfante em ‘Steve Jobs’ 
- Sobre ‘O Menino e o Mundo’ 
- Luís Nachbin: entre passagens e fronteiras
- ‘Acho que já vi esse filme!’: o que se pode (re)ver nas salas de exibição de filmes
- O desejo aguça com o olhar: sobre a Mostra 21 de 2015
- Meus 10 melhores filmes de todos os tempos, por Elvis Pinheiro
- ‘Boa sorte’ nos próximos filmes


.

‘E Se Vivêssemos Todos Juntos?’, filme de S. Robelin, no Cine Sesc Crato



Cine Sesc Crato (mediação de George Belisário)
Exibição do filme E Se Vivêssemos Todos Juntos?
Ficha técnica:
Título original: Et si on vivait tous ensemble?
Direção e roteiro: Stéphane Robelin
Elenco: Jane Fonda, Daniel Brühl, Geraldine Chaplin, Pierre Richard, Claude Rich, Guy Bedos, Camino Texeira, Gustave Kervern
Duração: 96 minutos
Ano: 2011
Países de origem: França, Alemanha
Classificação indicativa: 14 anos

“Cinco velhos amigos decidem morar juntos para fugir da dependência dos filhos.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 25 de julho de 2016, às 19h
No Sesc Crato-CE. Entrada gratuita.

.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Sanitário Sexy e Dudé Casado fazem show de encerramento do Rock Cordel

Sanitário Sexy



Sanitário Sexy é um power trio de nordestinos “arretados” emergentes do Vale do São Francisco (Juazeiro-BA/Petrolina-PE), com influências de um Rock and Roll cru, do bom e velho Punk-Rock e do Ska. Com seu primeiro EP, Esbórnias da Vida, lançado em julho de 2013, a banda é bem recebida pelos críticos de música local e participa dos principais festivais e shows regionais. A faixa “Mulher Indiscreta” ganha videoclipe, é lançado em maio de 2014, dirigido por Persie Oliveira e codireção de Alexandre Guena.

Em outubro de 2014 foi lançado o Metáfora, primeiro álbum oficial da banda. O disco conta com 10 (dez) faixas gravadas em um sítio às margens do Rio São Francisco em Juazeiro-BA, local onde a banda se refugiou do mundo para produção. A gravação foi realizada por Iago Guimarães e sua Casinha Music, e masterizado por Chuck Hipolitho, no Estúdio Costella em São Paulo-SP.

O power trio Sanitário Sexy ganha destaque já no seu primeiro disco, Metáfora, figura na lista dos melhores álbuns lançados na Bahia em 2014, segundo jornalistas baianos. O trabalho rendeu, inclusive, indicação ao Prêmio Caymmi na categoria de Melhor Música, com a faixa “Não Valho Nada” e venceu o Prêmio Velho Chico Rock Clube como melhor disco do Vale do São Francisco lançado no ano. A banda segue na estrada divulgando seu primeiro disco cheio e já soma turnês em vários estados do Brasil como Ceará, Pernambuco, Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Sul e Paraná, sempre levando pelos palcos por onde passam a energia do seu Rock Pulsante.


Dudé Casado



Cantor e compositor, Dudé Casado é uma das novas apostas do cenário musical independente do Brasil. Com forte influência dos grandes guitarristas do rock mundial, mais uma dose certeira do regionalismo cearense, o primeiro disco solo de Dudé – intitulado À Esquerda De Quem Vem surge com músicas poderosas, tanto no instrumental quanto nas letras e melodias.

A arte de Dudé mescla perfeitamente a agressividade do rock’n roll setentista com a delicadeza das melodias e a criatividade dos grandes poetas. Em suas músicas Dudé consegue assumir ludicamente várias identidades, e transformar as histórias de sua poesia em canções concisas e vibrantes. Seja na visão de um suicida (“Sobrevestes”), no delírio de alguém que se apaixona por um fantasma (“Seu Nome”), na pele do famoso cangaceiro Jararaca (“Pedrinhas Do Rio”) ou na declaração de amor que faz à sua terra natal, Juazeiro do Norte (“Iuá”), Dudé consegue, como poucos artistas, num primoroso exercício de supra-realidade, viver a história de cada um de seus personagens, resultando dessa sinceridade uma música forte e verdadeira.

À Esquerda De Quem Vem foi todo gravado em São Paulo, e contou com a produção de Pedro Penna, que inclusive acompanha o artista em suas apresentações pelo Sudeste. É uma bela experiência ver um show de Dudé Casado, tanto pela visceralidade de sua música quanto pela beleza de suas letras e melodias e seu carisma no palco. (Marcos Maia)
__


Rock Cordel 2016
Sábado, 23 de julho de 2016, a partir das 18h:
Show com Sanitário Sexy e Dudé Casado
Na Praça Padre Cícero (Juazeiro do Norte)
Gratuito.

.

Rei Bulldog apresenta Tributo aos Beatles em Juazeiro do Norte



Rei Bulldog - Tributo aos Beatles
Sábado, 23 de julho de 2016, a partir das 22h
No Homer's Pub (Av. Castelo Branco com Ivanir Feitosa)
Juazeiro do Norte-CE
Mais informações: (88)9.8827.2412.

.

‘Moulin Rouge!’, filme de Baz Luhrmann, em exibição no Cine Café



Cine Café (com mediação e curadoria de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Moulin Rouge!: Amor em Vermelho
Ficha técnica:
Título original: Moulin Rouge!
Direção: Baz Luhrmann
Roteiro: Baz Luhrmann, Craig Pearce
Elenco: Nicole Kidman, Ewan McGregor, Jim Broadbent, Richard Roxburgh, John Leguizamo, Jacek Koman, Caroline O'Connor, Lara Mulcahy, Garry McDonald
Duração: 126 minutos
Ano: 2001
Países de origem: Austrália, Estados Unidos

“Christian é um jovem inglês sonhador que chega a Paris no ano de 1899 com o desejo de se tornar um escritor.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 23 de julho de 2016, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Karne Krua e La Gambiaja fazem show no Rock Cordel 2016

Karne Krua



O nome Karne Krua (nome da banda mais antiga de hardcore de Sergipe) foi escolhido numa seleção de mais de 30 nomes feita por Silvio Campos e Almada no início de 1985, e sua primeira apresentação se deu em março de 1986 no Campus da UFS. A banda foi formada com a proposta de fazer um som rápido e calcado em ideais libertários, buscando inspirações no Rock'n'Roll e na Anarquia, ideologicamente falando.

Nunca foi uma banda presa a rótulos, o que originou um som mesclado, que funde vários estilos musicais e antimusicais, sustentados pelo seu maior alicerce, o Punk Rock/Hard Core. Educação, cultura, arte e história são valores perseguidos por qualquer povo que tente usar, no sentido mais amplo e verdadeiro da palavra, o conceito de nação. São indicadores que formam o perfil de uma comunidade, por isso estão sempre interligados como elos de uma mesma corrente. A arte, manifestada em forma de musica, conta a historia e retrata fielmente os anseios e problemas da humanidade. Mas é principalmente para o país e região em que vivemos que direcionamos o potencial do nosso trabalho.

A Karne Krua continua cheia de entusiasmo e energia para mostrar a todos um trabalho feito com sentimento e muito labor. Amor e ódio são os ingredientes num caráter totalmente alternativo. Nunca prendeu-se ou limitou-se a rótulos; agindo naturalmente durante todo esse tempo de estrada, os vários estilos que compõem a música “pesada” foram modelando o que hoje é a banda, mas sempre tendo como os maiores alicerces o punk rock, o hardcore e o rock n’ roll. Através dos fanzines e revistas a Karne Krua conseguiu uma grande penetração no circuito nacional, via de fato o único meio para aqueles que não trabalham com pretensão mercadológica. Enfim: é uma banda muito conhecida no circuito alternativo e assim conseguiu um reconhecimento positivo que vai além das fronteiras contíguas ou não. Contudo isso não os fazem sentirem-se melhores nem piores que ninguém; são carregados de atitudes muito simples, afinal de contas o que fazem é de homem para homem, de humanos para humanos, da Karne Krua para as carnes cruas.


La Gambiaja



Formada em 2001 por estudantes da UFPB e oriunda do movimento cultural Escambumano, a La Gambiaja carrega uma proposta musical aberta às mais variadas influências e segue pela cartilha da diversidade, dando uma contribuição importante à produção independente paraibana.

Uma das principais características da banda é o trabalho coletivo e a junção de novos “temperos”. Ao longo dos anos, novos integrantes vieram somar conhecimentos e experiências musicais, assimilando a base na música brasileira, como samba e ritmos regionais, e adicionando pitadas de funk, soul e elementos da música groovada.

A banda ressurge e se reinventa a cada novo ciclo vivido pelo grupo. Em 2014 lançou o álbum intitulado Kali Yuga, que reúne dez faixas autorais, compostas ao longo da carreira da banda e que retratam assuntos contemporâneos, como os problemas que assolam as grandes metrópoles do mundo. Esse projeto reforça o comprometimento da La Gambiaja com uma produção artística madura e com forte identidade.
__


Rock Cordel 2016
Sexta-feira, 22 de julho de 2016, a partir das 18h:
Show com as bandas Karne Krua e La Gambiaja
Na Praça Padre Cícero (Juazeiro do Norte)
Gratuito.

Sobre o Rock Cordel 2016 e a programação completa clique aqui.

.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Programação Orient Cinemas Cariri Shopping - de 21/07 a 27/07/2016

A Era do Gelo: O Big Bang
(Ice Age: Collision Course, 2015)
Direção: Mike Thurmeier, Galen T. Chu
Produção: Lori Forte, Carlos Saldanha
Produção executiva: Carlos Saldanha, Chris Wedge
Elenco: Vozes de: John Leguizamo, Keke Palmer, Ray Romano, Denis Leary, Wanda Sykes, Chris Wedge, Liam Ward
País: Estados Unidos
Estreia: 07/07/2016
Gênero: Animação
Duração: 100 minutos
Distribuidor: 20th Century Fox
Classificação indicativa: livre
Sinopse: A épica perseguição de Scrat pela noz o impulsionou ao universo, onde ele acidentalmente desencadeia uma série de eventos cósmicos que transformam e ameaçam A Era do Gelo. Para salvarem-se, Sid, Manny, Diego e o resto do grupo devem deixar sua casa e embarcar em uma missão cheia de comédia e aventura, viajando por novas terras exóticas e encontrando uma série de novos personagens coloridos. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 14h, 16h10, 18h20, 20h30 (Sala 1)
__


A Lenda de Tarzan
(The Legend of Tarzan, 2015)
Direção: David Yates
Produção: David Barron, Alan Riche, Jerry Weintraub, David Yates
Produção executiva: Bruce Berman, Susan Ekins, Nikolas Korda, Mike Richardson, Peter Riche
Elenco: Alexander Skarsgard, Samuel L. Jackson, Christoph Waltz, Margot Robbie, Adrian Palmer, Ella Purnell, Djimon Hounsou, Alicia Woodhouse
País: EUA
Estreia: 21/07/2016
Gênero: Ação, Aventura
Duração: 110 minutos
Distribuidor: Warner Bros.
Classificação indicativa: 12 anos
Sinopse: Passaram-se anos desde que o homem conhecido como Tarzan (Skarsgård) deixou as selvas da África para trás para levar uma vida burguesa como John Clayton III, Lorde Greystoke, com sua amada esposa, Jane (Robbie) ao seu lado. Agora, ele é convidado a voltar ao Congo para servir como um adido comercial do Parlamento, sem saber que na verdade ele é uma peça usada em uma ação de ganância e vingança, organizada pelo belga Capitão Leon Rom (Waltz). Porém, as pessoas por trás dessa trama assassina não fazem ideia do que estão prestes a desencadear. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h50, 16h20, 18h50 (Sala 2)
Legendado: 21h20 (Sala 2)
__


Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina
(Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina, 2015)
Direção: Mauricio Eça
Elenco: Maisa Silva, Larissa Manoela, Jean Paulo Campos
País: Brasil
Estreia: 14/07/2016
Gênero: Aventura, Comédia
Duração: 90 minutos
Distribuidor: Downtown/Paris
Classificação indicativa: livre
Sinopse: Em Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina as crianças da Escola Mundial vão viver mais uma grande aventura! Os malvados vilões Gonzales e Gonzalito saíram da prisão e resolveram colocar seu plano de vingança em prática. Para isso, eles pegaram Maria Joaquina e disseram que só vão devolvê-la se as crianças conseguirem passar por diferentes e perigosas provas criadas por eles mesmos. E não vai ter moleza! Para encarar essas provas, os alunos da escola Mundial terão de se mostrar muito espertos para desvendar charadas, muito preparados fisicamente para vencer os desafios mais absurdos e muito criativos para encontrar a saída a todo tipo de enrascada. Será que eles irão conseguir vencer as provas e salvar Maria Joaquina? Mais do que isso: será que eles vão querer salva-la? (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 13h40, 15h40, 17h40, 19h40 (Sala 3)
__


A Última Premonição
(Visions, 2015)
Direção: Kevin Greutert
Produção: Jason Blum, Matthew Kaplan
Produção executiva: Jeanette Brill, Jessica Malanaphy, Seth William Meier, Steven Schneider, Stefan Sonnenfeld
Elenco: Isla Fisher, Anson Mount, Gillian Jacobs, Joanna Cassidy, Eva Longoria, Jim Parsons, Michael Villar, Bryce Johnson, John de Lancie
País: Estados Unidos
Estreia: 14/07/2016
Gênero: Suspense, Terror
Duração: 82 minutos
Distribuidor: PlayArte Pictures
Classificação indicativa: 14 anos
Sinopse: Uma jovem mulher (Isla Fisher) sofre um grave acidente de carro, e sobrevive por pouco. Enquanto se recupera, começa a ter estranhos pesadelos, que os médicos descrevem como consequências comuns do trauma que viveu. Pouco depois, ela se descobre grávida, e muda para uma nova casa com o marido. Mas as visões tornam-se cada vez mais graves e violentas, ameaçando todos ao redor. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 21h40 (Sala 3)
__


Procurando Dory
(Finding Dory, 2015)
Direção: Andrew Stanton
Produção executiva: John Lasseter
Produção: Lindsey Collins
Elenco: Vozes de: Ellen DeGeneres, Albert Brooks, Idris Elba, Dominic West, Diane Keaton, Ed O´Neill, Ty Burrell, Kaitlin Olson
País: EUA
Estreia: 30/06/2016
Gênero: Animação, Aventura, Comédia
Duração: 103 minutos
Distribuidor: Walt Disney Studios
Classificação indicativa: livre
Sinopse: Procurando Dory, da Disney•Pixar, reúne a esquecida Dory e seus amigos Nemo e Marlin na busca por respostas sobre seu passado. O que ela se lembra? Quem são seus pais? E onde ela aprendeu a falar baleiês. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 14h, 16h10 (Sala 4)
__


Caça-Fantasmas
(Ghostbusters, 2016)
Direção: Paul Feig
Produção: Amy Pascal, Ivan Reitman
Produção executiva: Dan Aykroyd, Ali Bell, Paul Feig, Jessie Henderson, Michele Imperato, Joe Medjuck, Tom Pollock, Ivan Reitman, Ben Waisbren
Elenco: Kristen Wiig, Melissa McCarthy, Kate McKinnon, Leslie Jones, Cecily Strong, Bill Murray, Chris Hemsworth, Dan Aykroyd
País: EUA
Estreia: 14/07/2016
Gênero: Ação, Comédia, Ficção-científica
Duração: 116 minutos
Distribuidor: Sony Pictures
Classificação indicativa: 10 anos
Sinopse: Trinta anos depois do sucesso do clássico, Caça-Fantasmas está de volta e revitalizado para a nova geração. O diretor Paul Feig combina todos os elementos paranormais que tornaram a franquia tão amada, com um elenco de novos personagens, interpretados pelos atores mais divertidos dessa geração. Prepare-se para vê-los salvando o mundo! (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 18h20, 20h50 (Sala 4)
__


Dois Caras Legais
(The Nice Guys, 2015)
Direção: Shane Black
Elenco: Russell Crowe, Ryan Gosling, Angourie Rice, Matt Bomer, Margaret Qualley, Yaya DaCosta, Keith David, Beau Knapp
Produção executiva: Anthony Bagarozzi, Ken Kao, Michael J. Malone, Hal Sadoff
Produção: Joel Silver
País: EUA
Estreia: 21/07/2016
Gênero: Policial
Duração: 116 minutos
Distribuidor: Diamond Films
Classificação indicativa: 14 anos
Sinopse: Na Los Angeles dos anos 70, Amelia (Margaret Qualley), filha de uma funcionária do Departamento de Justiça dos Estados Unidos (Kim Basinger) é sequestrada. Ela decide contratar Jackson Healy (Russell Crowe), detetive particular violento e ex-alcoólatra, para investigar o caso. O trabalho revela-se mais complicado do que o esperado e ele decide dividir a investigação com o atrapalhado Holland March (Ryan Gosling). Ambos descobrem que o caso e a morte de uma estrela pornô estão, de alguma maneira, relacionados. Eles então descobrem uma conspiração chocante que atinge até os mais altos círculos do poder. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h30, 16h, 18h30 (Sala 5)
Legendado: 21h (Sala 5)
__


Entre Idas e Vindas
(Entre Idas e Vindas, 2014)
Direção: José Eduardo Belmonte
Elenco: Fábio Assunção, Ingrid Guimarães, Rosanne Mulholland, Alice Braga, Carol Abras, João Assunção
País: Brasil
Estreia: 21/07/2016
Gênero: Comédia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Classificação indicativa: 12 anos
Sinopse: Amanda, Sandra, Cillie e Krisse, quatro amigas que trabalham no departamento de telemarketing de uma empresa, embarcam em um motorhome para fazer uma viagem de férias pelo litoral sul de São Paulo. Enquanto isso, Afonso e Benedito, pai e filho, tentam chegar à capital paulista em um velho carro Lada. Benedito não sabe, mas Afonso está levando o menino para encontrar a mãe, que não vê há seis anos, desde que ela ganhou uma bolsa de estudos e se mudou para Paris. Quando o Lada de Afonso quebra na estrada, sem possibilidade de conserto, as meninas do telemarketing socorrem Afonso e Benedito. E o que seria uma simples carona acaba se transformando em uma viagem cheia de aventuras e transformações pessoais. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 14h40, 16h50, 19h, 21h10 (Sala 6)
____________________________________________

 

Ingresso:
Valores Inteiros (exceto Sala 3D Digital):
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$14,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$ 18,00

Valores Inteiros para a Sala 3D Digital:
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$18,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$24,00.

Promoção:
De segunda a quarta-feira, todos os ingressos por R$ 7,00, exceto sessões 3D (R$9,00 + R$8,00 óculos)

No Cinema do Cariri Garden Shopping (Juazeiro do Norte-CE)
Site Orient Cinemas: http://www.orientcinemas.com.br/
Número de telefone do cinema: (88) 3571.8275.

Programação sujeita a alterações.

.

Vai Acordar o Pivete e Semivelhos no Rock Cordel 2016

Semivelhos



A Semivelhos surgiu oficialmente em Janeiro de 2012 na cidade de Juazeiro-BA, como um projeto do músico Mamede Musser, que fez parte de alguns projetos soteropolitanos de sucesso nacional, como a banda Vivendo do Ócio. Depois de voltar da capital, não saía de sua cabeça a ideia de formar uma banda, gravar um CD e cair na estrada novamente. Esse desejo se concretizou quando a ele se juntaram seus antigos colegas André, Pedro, Bruno e Anderson. Seus integrantes são amigos de longa data e tocam juntos desde o longínquo ano de 2003, quando, após assistirem a shows de alguns grandes festivais de rock, decidiram formar uma banda. Surgia assim então a Submundo Underground. Como o único deles que tinha um instrumento de fato era André, a banda começou a ensaiar mesmo sem equipamentos ou qualquer conhecimento musical, improvisando em latas velhas uma bateria e utilizando um único amplificador para ligar todos os seus instrumentos. Após algum tempo, o grupo sofreu mudanças na sua formação e passou a se chamar Jack Jhones. Nessa nova fase, a banda buscou então criar suas próprias canções com o intuito de firmar uma identidade musical e assim achar seu espaço no cenário rock da cidade. Apesar de batalharem muito, acabaram esbarrando nas recorrentes dificuldades existentes quando se tenta criar música longe dos grandes centros, sem apoio e sem recursos.

Após algum tempo compondo e fazendo shows, o grupo decidiu suspender suas atividades por tempo indeterminado no ano de 2006. Mas, mesmo na inatividade, nunca deixaram seus sonhos pra trás, trazendo sempre à tona a possibilidade de se reunir para tocar rock mais uma vez. Foi então em 2012 que, mais preparados e experientes, perceberam que essa era a chance de mostrar a todos que não eram apenas mais um dentre os milhares de grupos que nascem com um sonho e morrem sem deixar rastros. Desse pensamento nasceu então a Semivelhos, um projeto ambicioso, que mostra desde as primeiras composições uma banda madura, passeando por ótimas referências musicais com propriedade e que possui uma rara desenvoltura no palco. Em 2012 lançaram seu primeiro álbum, no qual o titulo leva o nome da banda. Em 2014 lançaram o EP intitulado de Além Mar, EP que leva o nome da canção de trabalho. A canção “Além mar” virou vídeoclipe dirigido pelo diretor Ricardo Spencer e no mesmo ano o clipe ganhou um dos prêmios mais importantes da música baiana, o Premio Caymmi, como melhor vídeoclipe. Hoje, após sonharem em formar uma banda, os componentes da Semivelhos mantêm seu objetivo principal: fazer boa música.

Semivelhos é: André Maturano (guitarra), Pedro França (voz e guitarra), Mamede Musser (bateria), Iago Guimarães (teclado/synth), Egon Costa (baixo). (release divulgado pela produção do evento)


Vai Acordar o Pivete



Os impulsos impossíveis da divisão sincopada de Jackson do Pandeiro e a obra de Zappa esfacelada em retalhos carregados por veículos que trafegam em alta velocidade, são componentes da multifacetada paisagem sonora da banda Vai Acordar o Pivete. Não há nada que possa ser desprezado completamente, da mesma forma que não há nada que possa totalizar tudo como uma ideia prioritária dentro da música, na forma como a entendemos. O passado nos alimenta, o presente nos envolve em seu manto conectado, enquanto o futuro nos condenará se não fizermos nenhuma intervenção na realidade. A música autoral da banda não explica nada e nem pretende a última palavra em certeza absoluta. Intacta permanece apenas a vontade de tocar e se tocar com o que compõe o derredor. A nossa tradução da realidade é feita através de reprocessamentos musicais. Nós apropriamos e desapropriamos; nós construímos e desconstruímos, tudo ao mesmo tempo. O nosso idioma é o rock, aditivado de inúmeros fragmentos musicais, sem cercas, só cercanias. As ideias reducionistas não nos representam, nem em gênero, nem em número, muito menos em degrau. Preferimos compartilhar a isolar. Gente, planta, pedra, animal, objetos e subjetos nos interessam, sem distinções e de forma amplificada e no talo, pois isso é rock’n’roll.

A banda Vai Acordar o Pivete foi formada em 2015, com a intenção de fazer música autoral, através da linguagem do rock. Os integrantes têm influências diversas, cada um expressa o seu universo sonoro de forma direta ou indireta. Entre os nossos convidados estão nomes como Pink Floyd; Zappa; AC/DC; Black Sabbath; Mutantes; Novos Baianos; Karina Buhr; Cidadão Instigado; Tom Zé; Matanza; Nick Cave; King Crimson; entre vários outros. A banda é formada por: Ariel Vitoriano (bateria), Ravena Monte (baixo), Elvis Emmanuel (guitarra), Marcos Lobisomem (guitarra) e Márcio Holanda (vocal). (release divulgado pela produção do evento)
__


Rock Cordel 2016
Quinta-feira, 21 de julho de 2016, a partir das 18h:
Show com as bandas Semivelhos e Vai Acordar o Pivete
Na Praça Padre Cícero (Juazeiro do Norte)
Gratuito.

Sobre o Rock Cordel 2016 e a programação completa clique aqui.

.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Nuverse e Plástico Lunar no Rock Cordel

Nuverse



Verso nu, cru, universo, novo verso – Nuverse. Surge em Juazeiro do Norte explorando referenciais estéticos do Rock, Funk, Jazz e New Wave. Sua singularidade vem nas letras satíricas que contestam as injustiças do mundo atual, e em sua performance que envolve também o audiovisual.

O primeiro ano do grupo foi dedicado à criação de 10 canções que resultaram no álbum Teias, lançado no YouTube, do qual se populariza a satírica “1,99” que mistura funk, samba, rock e a atual situação econômica do Brasil. Nos anos que seguem a banda põe a cara na rua e representa o Nordeste com destaque no Festival “Bandas de Garage”, em Vitória do Espírito Santo, com uma grande repercussão e boas críticas pela performance da banda na mídia capixaba. Em 2015 circula os estados Ceará, Paraíba e Bahia em eventos do SESC, CCBNB, Grito Rock e Feira da Música. Também nesse ano participa do “Emergências’’ no Rio de Janeiro. Atualmente o grupo se prepara para nova turnê que se projeta ao Sul do país. (release divulgado pela produção do evento)


Plástico Lunar



Plástico Lunar? É, isso mesmo. Banda de rock que impressiona por fabricar uma música rica, que já beijou o blues e abraçou o progressivo, oscila entre a psicodelia e a Black music e vem se destacando em Aracaju por produzir um som sem afetação dos ritmos regionalistas, mas sim, antes de qualquer rótulo, é autenticamente uma banda de Rock’n Roll.

A Plástico Lunar é formada por Daniel Torres (vocais e guitarra), Plástico Jr. (vocais e baixo), Leo Airplane (teclados) e Marcos Odara (bateria). A banda tem 2 Eps, Plastic Rock Explosion (2003), Próxima Parada (2005); lançou em 2009 Coleção de Viagens Espaciais, seu álbum oficial pela Baratos Afins, selo consagrado por imortalizar pérolas da psicodelia brasileira, e em 2011 lançou o single “Mar de Leite Azedo”, dando uma amostra do som que virá no segundo álbum da banda. O grupo já esteve presente nos maiores festivais e palcos do país, entre eles: Abril Pro Rock (PE), Psicodália (SC), Festival DoSol (RN), Feira da Música (CE), Bananada (GO) e SESC Pompeia em SP. (release divulgado pela produção do evento)
__




Rock Cordel 2016
Quarta-feira, 20 de julho de 2016:
18h: Nuverse
19h: Plástico Lunar
Na Praça Padre Cícero (Juazeiro do Norte)
Gratuito.

Sobre o Rock Cordel 2016 e a programação completa clique aqui.

.

‘Longe do Paraíso’, filme de Todd Haynes, no Cine Sesc Juazeiro



Cine Sesc Juazeiro (com curadoria de Elvis Pinheiro e mediação de Samuel Macêdo)
Exibição do filme Longe do Paraíso
Ficha técnica:
Título original: Far from Heaven
Direção e roteiro: Todd Haynes
Elenco: Julianne Moore, Dennis Quaid, Dennis Haysbert, Patricia Clarkson, Viola Davis
Duração: 107 minutos
Ano: 2002
País de origem: Estados Unidos

“Em plenos anos 50, casal perfeito tem sua vida posta ao avesso quando o desejo fala mais alto.” (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 20 de julho de 2016, às 19h
No Sesc Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

A literatura de Lygia Fagundes Telles em destaque no Clube do Leitor



“Lygia Fagundes Telles nasceu em São Paulo, no início do século XX. Publicou seu primeiro livre aos 15 anos; aos 92 está na lista dos indicados ao Prêmio Nobel de Literatura 2016. Em mais de 70 anos dedicados ao ofício da escrita, tornou-se um dos maiores nomes da literatura nacional. Só aqueles que entraram em contato com a escrita de Lygia podem testemunha a força de suas palavras. Suas personagens, suas tramas e a profundidade do estudo que ela promove da alma são arrebatadoras e apaixonantes.” (sinopse da divulgação do evento)
__

Clube do Leitor do CCBNB Cariri
Lygia Fagundes Telles e os naturais tormentos dos quais a condição humana é herdeira
Facilitador: Janderson Alves
Sexta-feira, 22 de julho de 2016, 18h
Na Biblioteca do Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri
Juazeiro do Norte-CE
Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Cômodo Marfim e Projeto Rivera na abertura do Rock Cordel 2016

Cômodo Marfim



A Cômodo Marfim é uma banda de rock alternativo/indie rock, nascida na região metropolitana do Cariri, na cidade de Juazeiro do Norte-CE, e é composta por cinco integrantes: Demogenes Siqueira (voz/violão/synths), Filipe Lisboa (voz/guitarra), Alberto Dias (baixo), Lázaro Omena (guitarra) e Gabriel Machado (bateria/produção).

A banda apresenta um som autoral autêntico, que viaja entre influências provenientes do rock dos anos 60 e também da música de artistas contemporâneos, quebrando os conceitos pré-definidos de que o rock precisa obrigatoriamente ser classificado em uma única vertente temporal e sonora e rotulado por um gênero exclusivo.

Um olhar que analisa o cotidiano com uma visão específica, críticas sociais e a forma poética de falar sobre situações e sentimentos, caracterizam grande parte das letras compostas pela banda nesse primeiro trabalho. A diversidade de ritmos e estilos nos instrumentos confirma a atitude dos integrantes em provar que o rock não é uma bolha impenetrável que se fecha para novos sons, e que é possível inovar e renovar, transitando entre os clássicos e os sons contemporâneos para criar o novo ou refazer o antigo através de uma nova leitura.

O show da Cômodo Marfim, intitulado “A cabeça estendida na viga do braço” (nome do primeiro disco), traduz o resultado de três anos de trabalho, e culmina em um espetáculo capaz de transmitir ao público fielmente tudo o que foi pensado, escrito e arranjado musicalmente. Para o público que acompanha a banda, tem sido uma experiência muito prazerosa vivenciar cada apresentação, pois nesses espaços eles desfrutam de um pouco de arte, cultura, calor e sentimentos transmitidos por acordes e performances. (release divulgado pela produção do evento)


Projeto Rivera



Som alternativo com canções que carregam traços regionais, mesclando Rock, MPB e Baião: este é o Projeto Rivera, composto por seis rapazes comprometidos com o trabalho e a ideia de que tudo pode ser feito de forma “orgânica, verdadeira e manual”. O Projeto, que nasceu em 2013, logo no ano seguinte já idealizava o seu primeiro CD: lançando em 2015, o álbum Eu Vim Te Trazer o Sol. Com 13 faixas, o disco foi composto em viagens pelas cidades do interior do Ceará e passeia por letras que exploram histórias vivenciadas nessas andanças.

Com a produção do primeiro álbum, também surgiu a ideia de realizar uma série de ações, incluindo a produção de “lyrics”, aqueles vídeos em que o foco está na letra da canção e onde é possível ver o desenrolar da história da música no plano de fundo. Com o diferencial de terem sidos produzidos com recortes de papel e souvenirs acumulados durante as viagens, da forma mais analógica possível, sem utilizar de programas de criação de imagens 3D, como é usual desse método de vídeo. O grupo também se dedica a fazer intervenções urbanas (Lambe-Lambes) com trechos de suas canções. A dedicação do Projeto Rivera demonstra-se desde que os músicos construíram o estúdio, produziram e gravaram o seu próprio CD. Assim como os vídeos da produção do encarte do CD, que também foi feito manualmente, todos essas produções são registradas e divulgadas no canal do Youtube em formato de “Playlists”.

A Rivera, tanto em Fortaleza (CE), terra natal da banda, quanto em outras capitais como Natal (RN), Recife (PE), Salvador (BA), já acumula ótimas experiências em seus shows. No ano passado eles participaram do Festival MADA, em Natal, depois de uma concorrida seleção que envolveu votação na web, demonstrando o fortíssimo engajamento que a banda mantém com o público através das suas redes, fruto do seu próprio gerenciamento de social media. Recentemente, a banda foi uma das contempladas no Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes, onde já está trabalhando no seu segundo álbum. Recentemente, a Rivera soltou em seu canal no YouTube o vídeo para a canção “Canto Bom”, que fará parte do próximo CD.

A banda, que é composta por Victor Caliope (vocal), Bruno Santos (guitarra), Gabriel Fontenele (baixo), Oziel Albuquerque (bateria), Matheus Brasil (teclado) e Flávio Nascimento (guitarra), vem traçando com vontade e determinação o que eles decidiram para as suas vidas: construir uma carreira de sucesso dentro da música. (release divulgado pela produção do evento)
__




Rock Cordel 2016
Terça-feira, 19 de julho de 2016:
18h: Cômodo Marfim
19h15: Projeto Rivera
No Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri
Entrada gratuita
Ingressos distribuídos a partir das 13h na recepção do CCBNB Cariri
Juazeiro do Norte-CE.

Sobre o Rock Cordel 2016 e a programação completa clique aqui.

.