domingo, 30 de novembro de 2014

Michael Haneke e seus filmes de 'longa digestão'



por Josú Ribeiro

Michael Haneke: cineasta austríaco nascido no dia 23 de março de 1942, diretor e roteirista. Apontado pela crítica como um dos grandes diretores em atividade, Haneke possui diversas premiações importantes, como o Globo de Ouro, três premiações Palma no Festival de Cannes, com Caché (2005) como melhor diretor e, como melhor longa, A fita branca (2009) e o recente Amor (2012).

Com um modo diferente de construção de imagens e narrativas, Haneke acaba por trazer um incômodo em seus longas. Incômodo não por ser um filme ruim, mas sim pelo ritmo dado, graças às técnicas que conseguem fazer com que as cenas fiquem as mais cruas possíveis. O uso de plano-sequência, por exemplo, é um dos recursos usados pelo diretor, assim como imagens sem fundos musicais, envolvendo o espectador na realidade nua dos personagens que acabam por se tornarem reais.

Tenta, e consegue, traduzir em suas produções cinematográficas o drama a flor da pele, os sofrimentos (ao nos depararmos com a finitude), a hipocrisia de uma sociedade patriarcal com choques de realidade escancarados aos olhos de quem assiste. O fato de os espectadores não acharem confortável o ritmo dos seus filmes, seria de que, muitos dos momentos tratados são difíceis de serem aceitos pela nossa sensibilidade humana, pois mexe com toda uma carga psicológica a longo prazo, e não de imediato. São filmes de longa digestão.

Uma das questões do Haneke seria diferenciar "cinema para a economia" de "cinema para cultura". O primeiro é produzido nos modos industriais, em larga escala, feito à fôrma. Diferentemente do cultural, que seria de reflexão, a realidade posta em prova todos os dias, que de fato enriqueceria quem o assistisse. É necessário que possamos modificar nosso olhar sobre uma gama de modos diferentes de construção cinematográfica. É mais que cabível uma apropriação dessa arte, que possui tantos atributos a somarem com as nossas vivências que estão sempre em profundas transformações. Os Principais filmes de Michael Haneke são: Amor (2012), A fita branca (2009), A professora de Piano (2001), Caché (2005) e Violência Gratuita (2007).
____

Josú Ribeiro é poeta e músico. Atualmente estuda Psicologia na Faculdade Leão Sampaio.

Texto originalmente publicado na SÉTIMA: Revista de Cinema (edição 15, de 15 de janeiro de 2014), que é distribuída gratuitamente na Região do Cariri cearense. A Revista Sétima é uma publicação do Grupo de Estudos Sétima de Cinema, que se reúne semanalmente no SESC de Juazeiro do Norte-CE.

.

Sonora Brasil: Quarteto Belmonte faz apresentação em Juazeiro do Norte



O grupo é formado por quatro músicos com experiência como concertistas em orquestras e conjuntos de câmara que atuam no Rio de Janeiro. Os integrantes são Ubiratã Rodrigues, no violino, que faz parte da Orquestra Sinfônica Brasileira Ópera & Repertório, Samuel da Silva Dias, também no violino, Jadenir Lacorte Lopes na viola, e Janaína Salles no violoncelo, da Orquestra Sinfônica Nacional da UFF (RJ).

Sonora Brasil - Formação de ouvintes musicais
Edino Krieger e as Bienais de Música Brasileira Contemporânea
Apresentação do Quarteto Belmonte (RJ)
Segunda-feira, 01 de dezembro de 2014, 19h
No Teatro SESC Patativa do Assaré (Juazeiro do Norte-CE)
Entrada gratuita
+ info.:  (88) 3587.1056.

.

sábado, 29 de novembro de 2014

'Piaf - Um Hino ao Amor', filme de Olivier Dahan, no Cinemarana



Cinemarana (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Piaf - Um hino ao amor
Ficha técnica: 
Título original: La Môme
Direção e roteiro: Olivier Dahan
Elenco: Marion Cotillard, Sylvie Testud, Pascal Greggory, Emmanuelle Seigner, Jean-Paul Rouve, Gérard Depardieu, Clotilde Courau, Jean-Pierre Martins
Duração: 140 minutos
Ano: 2007
Países de origem: França, Reino Unido, República Tcheca

"A vida de Edith Piaf foi sempre uma batalha. Abandonada pela mãe, foi criada pela avó, dona de um bordel na Normandia. Dos três aos sete anos de idade, ficou cega, recuperando-se milagrosamente. Mais tarde, viveu com o pai alcoólatra, a quem abandonou aos 15 anos para cantar nas ruas de Paris. Em 1935, foi descoberta por um dono de boate e, naquele mesmo ano, gravou seu primeiro disco. A vida sofrida é coroada com o sucesso internacional. Fama, dinheiro, amizades, mas também a constante vigilância da opinião pública. Altos e baixos da voz que marcou gerações." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 01 de dezembro de 2014, às 19h
No SESC Crato-CE. Entrada gratuita.

.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Rei Bulldog e Banda Maluvidos são atrações no Especial The Beatles



Especial The Beatles
Show com as bandas Rei Bulldog e Maluvidos
Sábado, 29 de novembro de 2014, 22h
No Casarão Boteco (Crato-CE).

.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Poesia de osso e tutano



por Amador Ribeiro Neto

Sérgio de Castro Pinto (João Pessoa, 1947) é poeta, ensaísta e professor de literatura na Universidade Federal da Paraíba. Sua poética inclui Gestos lúcidos (1967), A ilha na ostra (1970), Domicílio em trânsito (1983), O cerco da memória (1993), A quatro mãos (1996), Zoo imaginário (2005), O cristal dos verões: poemas escolhidos – 40 anos de poesia (2007).

A flor do gol (São Paulo: Editora Escrituras, 2014) é seu mais recente livro. A obra tematiza, entre outros, o futebol e os bichos. Mas o tema é o menos importante para este poeta. Ele toma o mais corriqueiro acontecimento, o mais óbvio objeto, os mais domésticos animais e adensa-lhes a cor, a textura, o volume, o som, a imagem. Tudo pelo poder restaurador da linguagem.

A palavra é o osso e o tutano desta poesia de estrutura e músculos. Tudo rijo. Porque o poeta não perde tempo com diluições. Nem rarefações. Seu tiro é certo no cerne da palavra.

Se há memória do futebol? Há. Se há trejeitos dos bichos? Há. Se há amor e mordacidade? Há. A melancolia visita a morte em vários poemas. E sempre zombeteira. Alguns de frente. Outros, de soslaio. Jamais trágica. Ele fisga a dor no caniço pensante do coração que ri, qual o “tristíssimo palhaço” de Cruz e Sousa: zombeteiro.

O que conta são as tomadas pictóricas de cenas de fotografias e sequências cinematográficas. As primeiras, não raras vezes congeladas. As últimas, em câmera lenta. Parcas palavras. Vasto campo de visão.

Estrofes curtas várias vezes encerram o poema num único verso. O estampido da surpresa à la Poe é alumbramento para olhos, ouvidos e cabeça do leitor.

Sim, o som e a imagem operam o sentido em engendrado movimento de interação recíproca. Até parece coisa de malabarista. De cancionista. E pode ser: poemúsica.

Não há trem em “Aniversário”, mas ele apita no descarrilhamento das estações. Homero é um fio de tinta esboçado nos “dedos róseos da aurora”. Oswald vem cortante nos “transatlânticos singrando as águas da infância”. Proust transfigurado, é transcriação da poesia em madeleine, o biscoito fino. Por isto mesmo o poema “Intertextualidade” atiça o leitor para o diálogo do poeta com poetas e poemas. Tal como o coração marinheiro de Álvaro de Campos, em “Ah um soneto...”, pulsando agônico em “Urbano”.

Sérgio de Castro Pinto saúda a poesia e o haicaísta conterrâneo Saulo Mendonça ao inserir um haicai dentro dos versos alexandrinos de “Esta lua”: “lua dos haicais, amassada pelas águas. / lua que flagra o súbito peixe-espada / esgrimindo no ar a lâmina prateada”.

Em “O gato e o poeta” as molduras do poema não contemplam apenas os referentes do título. Na dança das fronteiras, o poema vai da vida à morte em lances metalinguísticos desestabilizadores de toda expectativa de ser e saber do leitor.

Quem tiver olho, ouvido, mente e coração abertos se deliciará com a matéria viva e minimalista da poesia anticonvencional de Sérgio de Castro Pinto. O poeta enlaça vida e palavra para erguer a morada da poesia. Tática precisa. Visada certeira. Gol de letra.
____

Publicado pelo jornal Contraponto, de João Pessoa-PB. Caderno B, coluna “Augusta Poesia”, dia 21 de novembro de 2014, p. B-7.

Amador Ribeiro Neto é poeta, crítico literário e de música popular. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Professor do curso de Letras da UFPB.

.

Shows com a banda Tigre Dente de Sabre em Nova Olinda e Juazeiro



Shows com a banda Tigre Dente de Sabre
Entrada gratuita.

Sexta-feira, 28 de novembro de 2014, 19h:
No Teatro Violeta Arraes - Fundação Casa Grande (Nova Olinda-CE)

Sábado, 29 de novembro de 2014, 19h30:
No Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri (Juazeiro do Norte-CE).

.

'Jejum de Amor', filme de Howard Hawks, em exibição no Cine Café



Cine Café (com mediação e curadoria de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Jejum de amor
Ficha técnica:
Título original: His girl friday
Direção: Howard Hawks
Roteiro: Charles Lederer, Ben Hecht
Elenco: Cary Grant, Rosalind Russell, Ralph Bellamy, Gene Lockhart, Porter Hall, Edmund Cobb, John Qualen, Abner Biberman
Duração: 92 minutos
Ano: 1940
País de origem: Estados Unidos

"Hildy Johnson (Rosalind Russell), jornalista, está divorciada de Walter Burns (Cary Grant) e faz uma visita ao seu escritório para lhe dizer que ela está envolvida com outro homem e que eles vão se casar no dia seguinte. Walter decide que não pode deixar isso acontecer e acusa o outro homem, Bruce Baldwin (Ralph Bellamy), de um monte de coisas para mantê-la editora de seu jornal." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 29 de novembro de 2014, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

Programação Orient Cinemas Cariri Shopping - de 27/11 a 03/12/2014

De Volta ao Jogo
(John Wick, 2014)
Direção: David Leitch, Chad Stahelski
Elenco: Keanu Reeves, Michael Nyqvist, Alfie Allen, Willem Dafoe, Adrianne Palicki, Dean Winters, Omer Barnea, Toby Leonard Moore
Produção executiva: Kevin Scott Frakes, Stephen Hamel, Tara Moross, Keanu Reeves, Andrew C. Robinson, Raj Brinder Singh, Jared Underwood, Mike Upton
Produção: Basil Iwanyk, David Leitch, Eva Longoria, Chad Stahelski, Mike Witherill
Países: EUA, China, Canadá
Gênero: Ação, Thriller
Duração: 101 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Keanu Reeves é John Wick, homem solitário que perdeu tudo na vida. Um assassino de aluguel aposentado, Wick é forçado a voltar ao jogo e enfrentar a máfia. Willem Dafoe e John Leguizamo se destacam no elenco. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 14h10, 17h20 (Sala 1)
Legendado: 20h30 (Sala 1)
____


O Casamento de Gorete
(O Casamento de Gorete, 2013)
Direção: Paulo Vespúcio Garcia
Elenco: Rodrigo Sant'Anna, Tadeu Melo, Ataíde Arcoverde, Tonico Pereira, Leticia Spiller, Carlos Bonow, Virgina Rodrigues, Maria Cristina Gatti, Jose Victor Amorim
País: Brasil
Gênero: Comédia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Europa Filmes
Classificação etária: 12 anos 
Sinopse: Essa é a história de Gorete, popular apresentadora de rádio, que recebe a inesperada herança de seu pai, há anos ausente em sua vida. Porém, nossa personagem só poderá tomar posse do dinheiro sob uma condição: casar-se. O que poderia ser o sonho de qualquer mulher é, entretanto, o pesadelo da caricata Gorete, que permanece apaixonada por seu grande e perdido amor de infância. Um torneio para escolha de seu futuro marido, um casamento nada tradicional, absurdas tentativas de assassinato e as inseparáveis amigas, Domitila e Marivalda, completam o cenário dessa divertida, leve e inspiradora história de amor. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 14h50, 17h, 19h10, 21h20 (Sala 5)
____


Boa Sorte
(Boa Sorte, 2013)
Direção: Carolina Jabor
Elenco: Deborah Secco, Fernanda Montenegro, João Pedro Zappa, Felipe Camargo, Cássia Kis Magro, Gisele Froés, Enrique Diaz, Mariana Lima
Produção executiva: Cecilia Grosso, Ilana Brakarz, Monica Siqueira, Pedro Buarque de Hollanda, Leonardo M Barros, Gil Ribeiro
Produção: Eliana Soárez
País: Brasil
Gênero: Drama
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Classificação indicativa: 16 anos
Sinopse: Boa Sorte é a história do encontro de João e Judite. Ele, um adolescente de 17 anos que se sente invisível. Ela, uma mulher de 30 anos que já experimentou de tudo. Judite não tem muito tempo de vida e os dois sabem disso. Em uma clínica de reabilitação, eles vivem um amor intenso e transformador. Adaptado do conto "Frontal com Fanta", de Jorge Furtado. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 13h50, 16h10, 18h30, 21h (Sala 6)
____


Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1
(The Hunger Games: Mockinjay - Part 1, 2014)
Direção: Francis Lawrence
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Elizabeth Banks, Woody Harrelson, Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman, Jeffrey Wright, Stanley Tucci, Donald Sutherland, Toby Jones
Produção executiva: Suzanne Collins, Michael Paseornek
Produção: Nina Jacobson, Jon Kilik
País: EUA
Gênero: Aventura, Ficção-científica
Duração: 123 minutos
Distribuidor: Paris Filmes
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: Em Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) encontra-se no Distrito 13 depois de ter literalmente acabado com os jogos para sempre. Sob a liderança da Presidente Coin (Julianne Moore) e seguindo os conselhos de seus amigos de confiança, Katniss abre suas asas e luta para salvar Peeta (Josh Hutcherson) e toda uma nação movida por sua coragem. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 15h, 17h50, 20h40 (Sala 2)
Dublado: 13h20, 16h, 18h40 (Sala 3)
Legendado: 21h30 (Sala 3)
____


A Lenda de Oz
(Legends of Oz: Dorothy´s Return, 2013)
Direção: Will Finn, Dan St. Pierre
Elenco: Vozes de: Dan Aykroyd, James Belushi, Kelsey Grammer, Lea Michele, Tacey Adams, Michael Krawic, Martin Short, Bernadette Peters, Randi Soyland, Oliver Platt
Produção executiva: Greg Centineo, Neil L. Kaufman, Rene Torres
Produção: Roland Carroll, Ryan Carroll, Bonne Radford
País: Estados Unidos
Gênero: Animação, Família, Musical
Duração: 88 minutos
Distribuidor: Paris Filmes
Classificação: livre
Sinopse: A garota Dorothy é levada de volta ao mundo mágico de Oz, onde reencontra os velhos amigos Homem de Lata, Espantalho e Leão. Entretanto, logo ela descobre que todos os habitantes do reino estão correndo sério risco graças aos atos do malvado Jester. Continuação da história exibida em O Mágico de Oz (1939). (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 16h20* (Sala 3)
*somente sábado e domingo
____


Debi & Lóide 2
(Dumb and Dumber To, 2014)
Direção: Bobby Farrelly, Peter Farrelly
Elenco: Jim Carrey, Jeff Daniels, Angela Kerecz, Laurie Holden, Kathleen Turner, Paul Blackthorne, Rob Riggle, Erika Bierman, Carly Craig, Lauren Henneberg, Rachel Melvin
Produção executiva: Marc S. Fischer, David Koplan
Produção: Riza Aziz, Bobby Farrelly, Peter Farrelly, Joey McFarland, Bradley Thomas, Charles B. Wessler
Classificação etária: 12 anos
País: Estados Unidos
Gênero: Comédia
Duração: 110 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Sinopse: Eles continuam os mesmos: engraçados, divertidos e ainda mais debiloides. Vinte anos após a sua última aventura, os bem-intencionados, porém não muito espertos, melhores amigos Harry Dunne (Jeff Daniels) e Lloyd Christmas (Jim Carrey) partem em busca da filha perdida de Harry, enquanto Lloyd tenta conquistar a sua mais nova paixão. No caminho, eles reencontram diversos personagens do passado e precisam aprender a lidar com responsabilidades para as quais nenhum deles está preparado. Os irmãos Bobby e Peter Farrelly assinam novamente a direção do filme, retomando a história de um de seus maiores sucessos. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 14h10, 16h30, 18h50 (Sala 4)
Legendado: 21h10 (Sala 4)
____________________________________

Ingresso:
Valores Inteiros (exceto Sala 3D Digital):
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$11,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$ 15,00

Valores Inteiros para a Sala 3D Digital:
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$15,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$20,00.

No Cinema do Cariri Garden Shopping (Juazeiro do Norte-CE)
Site Orient Cinemas: http://www.orientcinemas.com.br/

Programação sujeita a alterações.

.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Show da banda MRS Trio em Juazeiro



Música Instrumental
Apresentação da banda MRS Trio
Quinta-feira, 27 de novembro de 2014, 19h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri (Juazeiro do Norte-CE)
Entrada gratuita.

.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Cinematógrapho: 'Um Homem Que Grita', filme de Mahamat-Saleh Haroun



Cinematógrapho (com curadoria e mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Um homem que grita
Ficha técnica:
Título original: Un Homme qui crie
Direção e roteiro: Mahamat-Saleh Haroun
Elenco: Youssouf Djaoro, Dioucounda Koma, Djénéba Koné, Marius Yelolo, Rémadji Adèle
Duração: 92 minutos
Ano: 2010
País de origem: Bélgica, Chade, França

"Adam, ex-campeão de natação, há 40 anos trabalha com guardião de piscina de um hotel de luxo situado no Chade, na África. Quando o estabelecimento é vendido, ele se vê obrigado a ceder a sua vaga para seu filho Abdel, situação que o incomoda bastante por ver nela um declínio social." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 26 de novembro de 2014, às 19h
No SESC Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Com proximidade do período letivo, sebos de Juazeiro são alternativa para quem busca preços acessíveis



por Érica Bandeira e José Jullian Gomes
fotos (detalhes): Nadrielle Landim

Entre as preocupações para o próximo ano, está a compra dos livros escolares. Aqui em Juazeiro do Norte uma saída para driblar a correria e não deixar tudo para a última hora, além de encontrar exemplares em preços acessíveis, muitas pessoas recorrem aos sebos da cidade. Com um grande acervo e reconhecido no mercado, o sebo Solaris é uma das alternativas para quem busca a variedade de livro escolar, desde romances até livros didáticos.

Situado na rua Padre Cícero, próximo à igreja dos Salesianos, o sebo Solaris atende aos mais diversos públicos, com materiais para todos os níveis escolares, estudantes universitários, professores e amantes da leitura. Acostumado com a grande movimentação desse período, sr. Manoel, ou seu “Manel”, proprietário do estabelecimento, tem sempre um estoque abastecido e atualizado para atender à demanda. Esse local já é procurado pelos pais que, nos anos letivos, correm para encontrar os livros das listas de escola.

Antes de se tornar a Solaris, o sebo era chamado de Allan Poe. Dez anos depois, em 1988, quando dividiu espaço com a locadora, passou a ser a conhecida como locadora e sebo Solaris. Além de livros de todas as categorias, no local também podemos encontrar obras cinematográficas consagradas. A relação de seu “Manel” com seu lugar de trabalho não se limita às vendas, ele também é bastante conhecedor de filmes e livros. Não só as encomendas, seu Manel também dá muitas indicações oriundas de sua paixão pelo cinema e pela literatura.

Há 26 anos no mercado, o sebo e locadora Solaris dispõe de opções para quem é apaixonado por literatura e cinema. Além de uma bela história, acervo e as boas conversas com seu “Manel”, ele diz que ideias inovadoras prometem um ambiente ainda mais agradável com espaço para café.
____

Érica Bandeira, José Jullian e Nadrielle Landim são estudantes de Jornalismo da UFCA.

.

Show de Sam Alves no Crato



Estacionamento da Música
Show de Sam Alves
Quarta-feira, 26 de novembro de 2014, 20h
No Sesc Crato-CE
Entrada:
Comerciário: 2kg de alimento
Usuário: R$10,00 + 4kg de alimento
Vendas dos ingressos no SAC da Unidade Sesc Crato
+ info.: (88) 3586.9163.

.

domingo, 23 de novembro de 2014

'Adeus, Meninos', filme de Louis Malle, em exibição no Cinemarana



Cinemarana (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Adeus, meninos
Ficha técnica:
Título original: Au revoir les enfants
Direção e roteiro: Louis Malle
Elenco: Gaspard Manesse, Raphael Fejto, Francine Racette, Stanislas Carré de Malberg, Philippe Morier-Genoud, François Berléand, François Négret, Peter Fitz
Duração: 104 minutos
Ano: 1987
Países de origem: França, Alemanha, Itália

"França, inverno de 1944. Julien Quentin é um garoto de 12 anos que frequenta o colégio Sr. Jean-de-la-Croix, que enfrenta grandes dificuldades devido à 2ª Guerra Mundial. Lá ele se torna o melhor amigo de Jean Bonnett, um introvertido colega de classe que Julien posteriormente descobre ser judeu. A tragédia chega à escola quando a Gestapo invade o local, prendendo Jean, outros dois alunos e ainda o padre responsável pelo colégio." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 24 de novembro de 2014, às 19h
No SESC Crato-CE. Entrada gratuita.

.

sábado, 22 de novembro de 2014

Morre o homem, fica o Lunga

Por Xico Fredson

No dia 22 de novembro deste ano de 2014 faleceu o senhor Joaquim dos Santos Rodrigues.

Nascido em 18 de agosto de 1927, residente na cidade de Juazeiro do Norte, era comerciante proprietário de uma sucata na Rua Santa Luzia, no Centro da mesma cidade.

Dito dessa forma, em poucas linhas pode até parecer que apenas mais uma pessoa morreu. Mas, essa informação toma outra dimensão quando despimos o homem e vestimos a lenda urbana nordestina que também atendia pelo nome de Seu Lunga.

Aí a gente percebe que não foi apenas mais um juazeirense que morreu. Percebemos que um pouco da nossa história, do nosso folclore e, porque não dizer, um pouco de nós, se vai também.

Impossível qualquer cearense ou mesmo nordestino e, quem sabe, muitos brasileiros, não conhecerem pelo menos uma história ou uma piada atribuída a Seu Lunga, nome que também virou adjetivo atribuído às pessoas que não dispõem de muita paciência para questionamentos sem sentido ou de sentido dúbio. Acredito que a ironia dele era fina demais para alguns ouvidos frágeis aceitarem a verdade de suas respostas.

Vai ser difícil definir quanto do que falam a respeito dele é folclore ou lenda urbana ou realidade. Debates em mesas redondas acadêmicas ou mesas de bar, isso tudo pouco importará.

Acredito que morreu apenas o senhor Joaquim dos Santos Rodrigues, pois o personagem que cotidianamente construímos em torno dele está imortalizado. E o rito que perpetuará a lenda urbana voltará ao imaginário popular sempre que alguém der uma resposta seca para uma pergunta “besta”, bem como quando alguma pessoa, comediante ou não, se remeter ao nosso Cariri, dizendo que aqui morava um cidadão tão ignorante, mas tão ignorante, que provavelmente era o mais sábio dentre nós.

.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Encenações do espetáculo 'Burtonescos' em Juazeiro do Norte



"Enquanto lá fora, em meio à entediante rotina dos 'normais', as pessoas têm visões, aqui, mesmo sozinhos e incompreendidos, nós temos sonhos. Melancólicos e heroicos. Medonhos e inofensivos. Seres que, com certa sensibilidade infantil, vivem e acreditam em um mundo alienígena, vencendo diferenças e mantendo o equilíbrio. A estranha comicidade do universo onde as personagens são inseridas estabelece um confronto com a realidade comum, que, por sua vez, é oposta à fantasia do mundo burtonesco." (sinopse da divulgação do evento)

Teatro Infantil
Espetáculo Burtonescos
Grupo Dois de Teatro
Dias 22 e 29 de novembro de 2014, 15h
No Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri (Juazeiro do Norte-CE)
Entrada gratuita.

.

'Bem-vindos', filme de Lukas Moodysson, em exibição em Nova Olinda



Cine Café Volante (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Bem-Vindos
Ficha técnica:
Título original: Tillsammans
Direção e roteiro: Lukas Moodysson
Elenco: Lisa Lindgren, Michael Nyqvist, Emma Samuelsson, Sam Kessel, Gustaf Hammarsten, Jessica Liedberg, Ola Rapace, Axel Zuber, Shanti Roney
Duração: 106 minutos
Ano: 2000
Países de origem: Dinamarca, Itália, Suécia

"Quando, nos anos 70, Elisabeth abandona seu marido violento para morar junto com seus dois filhos adolescentes numa comunidade alternativa, da qual seu irmão faz parte, todos os valores morais, sociais, políticos e sexuais são postos à prova." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na sexta-feira, 21 de novembro de 2014, às 19h
Na Fundação Casa Grande, em Nova Olinda-CE. Entrada gratuita.

.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Poesia de mil asas



por Amador Ribeiro Neto

A poeta Líria Porto (Araguari-MG, 1945) publicou Borboleta desfolhada (2009), De lua (2009), ambos em Portugal, Garimpo (2012) e Asa de passarinho (2014) pela Editora Lê, de Belo Horizonte. Os dois últimos, dedicados ao público infantil. Asa de passarinho é um livro que fala de bichos, águas, homem, liberdade e tempo. Tudo numa linguagem suave e sublime. Como só o lirismo delicado e penetrante de Líria Porto sabe ser e fazer. Pra combinar, traz ilustrações de grande beleza assinadas por Silvana de Menezes.

Lendo Asas de passarinho veio-me o poeta e romancista espanhol Ramón Gomez de la Serna (1888-1963), criador das “greguerías”, textos curtos com toque reflexivo bem humorado. Ou, como ele mesmo diz, “o atrevimento de tentar definir o que não pode ser definido”. É dele a frase: “O livro é um pássaro com mais de cem asas para voar”. “Asas para voar”: a redundância, tomada como nova informação, torna-se chistosa.

Líria Porto parece ter algo em comum  com Gomes de la Serna. Sabe recortar o novo do senso comum. Sabe desentranhar o poético do usual. Sabe inserir a crítica no cerne da criação. Tudo com admirável condensação de ideias, imagens e sons.

Ler sua poesia é voar e levar consigo o peso do corpo. Não é viagem dentro do nada. É viagem no espaço sideral. Por entre astros, estrelas e imaginário provocados. “Sei voar e tenho as fibras tensas” canta Caetano, como se estivesse resenhando a poesia de Asa de passarinho.

Líria Porto tem o dom de cutucar o leitor, mirim e adulto, com fagulhas de palavras incendiadas pela alegria de viver. E pelas brasas de versos que ateiam ações e despertam a vontade de viver.

É que há uma militância em sua poesia. Mas não é aquela esvaziada pelo didatismo. Nem pela arrogância das persuasões. Ela sabe que o que vale para o poeta é a linguagem. De nada adianta o inflamado discurso engagée se algum tempo depois ele próprio dana-se, morro abaixo, nas forças do Tempo e da História. Datado. Vencido.

Assim, um poema como “Liberdade” abraça ternura e provocação infinitas, trans-históricas: “Beija-flor tomava banho / na piscina do vizinho. // Adiantou cerca de arame, / plantar flores com espinho?”. A densidade do poema flutua numa linguagem que nasce na fala cotidiana e corporifica-se na beleza delicada da metáfora. Riso, desafio e encanto. Eis a magia, uma das vertentes de Asa de passarinho.

Em “Cachoeira” o rio do tempo também se mostra contestador: “Serpenteia, / faz curva, / muda o rumo, / quando sente / que o impedem / de andar. // Todo rio / que se preze / fecha os olhos / e pula”. O salto do rio, no escuro, desaguando em cachoeira, é prenhe de significações. E o ritmo dos versos, intercambiando três e duas sílabas, iconiza estes momentos/movimentos de superação.

O nonsense, recurso tão caro aos universos infantil e poético, está presente em “Desperdiçado de cor”: “O que mais tenho vontade / é de rasgar ao meio a tarde / pra guardar o azul / no bolso”. O sublime agasalhado na roupa em forma de poesia. Líria Porto é poeta encantada. E sabe como encantar seus leitores.
____

Amador Ribeiro Neto é poeta, crítico literário e de música popular. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Professor do curso de Letras da UFPB.

Publicado pelo jornal Contraponto, de João Pessoa-PB. Caderno B, coluna “Augusta Poesia”, dia 14 de novembro de 2014, p. B-7.

.

'Jackie Brown', filme de Quentin Tarantino, em exibição no Cine Café



Cine Café (com mediação e curadoria de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Jackie Brown
Ficha técnica:
Título original: Jackie Brown
Direção: Quentin Tarantino
Roteiro: Quentin Tarantino, baseado no romance Rum Punch, de Elmore Leonard
Elenco: Pam Grier, Samuel L. Jackson, Robert Forster, Bridget Fonda, Michael Keaton, Robert De Niro, Chris Tucker, Michael Bowen, Lisa Gay Hamilton, Tommy "Tiny" Lister Jr., Hattie Winston
Duração: 154 minutos
Ano: 1997
País de origem: Estados Unidos

"Comissária torna-se centro de uma disputa por meio milhão de dólares onde todos os personagens querem se dar bem e ninguém sabe quem está enganando quem. Trama com a assinatura inconfundível do diretor Quentin Tarantino." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição no sábado, 22 de novembro de 2014, às 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (Juazeiro do Norte). Entrada gratuita.

.

Percursos Urbanos: a cultura pop japonesa ganhando espaço no Cariri



"A cultura pop japonesa vem ganhando cada vez mais espaço no Cariri, principalmente em matérias como mangás, animes, músicas e etc., graças ao movimento Otaku na região. Com esse crescimento começaram a surgir eventos onde pessoas de gostos e interesses semelhantes se encontrarem para conversar e se vestir como seus personagens favoritos para homenageá-los.

No próximo sábado, dia 22 de novembro, o Percursos Urbanos visitará alguns pontos importantes para a história do movimento Otaku no Cariri e debaterá os elementos que o caracterizam, desde as coisas mais simples até as consideradas mais exageradas por grande parte das pessoas

Nosso mediador será o estudante de psicologia, Júlio Cesar, que se apaixonou pelo universo nipônico na adolescência e passou a pesquisar sobre o tema, desenvolvendo uma relação crítica a esse meio. (sinopse da divulgação do evento)
____

Percursos Urbanos
Conexão Japão-Cariri
Mediador: Júlio Cesar
Sábado, 22 de novembro de 2014, a partir das 15h
Inscrições gratuitas e limitadas
No Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri (Juazeiro do Norte-CE)
É necessário porte de RG.

.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

1º Lunar - Festival de Bandas com quatro atrações, em Juazeiro do Norte



1º Lunar - Festival de Bandas
Com Águas em Marte, Zaubar, Dudé Casado e Algarobas
Sábado, 22 de novembro de 2014, 22h
No Teatro Marquise Branca (Juazeiro do Norte-CE).

Programação Orient Cinemas Cariri Shopping - de 19/11 a 26/11/2014

Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1
(The Hunger Games: Mockinjay - Part 1, 2014)
Direção: Francis Lawrence
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Elizabeth Banks, Woody Harrelson, Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman, Jeffrey Wright, Stanley Tucci, Donald Sutherland, Toby Jones
Produção executiva: Suzanne Collins, Michael Paseornek
Produção: Nina Jacobson, Jon Kilik
País: EUA
Gênero: Aventura, Ficção-científica
Duração: 123 minutos
Distribuidor: Paris Filmes
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: Em Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) encontra-se no Distrito 13 depois de ter literalmente acabado com os jogos para sempre. Sob a liderança da Presidente Coin (Julianne Moore) e seguindo os conselhos de seus amigos de confiança, Katniss abre suas asas e luta para salvar Peeta (Josh Hutcherson) e toda uma nação movida por sua coragem. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h, 15h40, 18h20 (Sala 2)
Dublado: 14h, 16h40, 19h20, 22h* (Sala 4)
* somente sexta, sábado e véspera de feriado
Legendado: 13h30, 16h10, 18h50, 21h30 (Sala 1)
Legendado: 21h (Sala 2)
____


Irmã Dulce
(Irmã Dulce, 2014)
Direção: Vicente Amorim
Roteiro: Anna Muylaert
Produção: Iafa Britz
Elenco: 
Bianca Comparato, Regina Braga, Gracindo Junior, Malu Vale, Zezé Polessa, Irene Ravache, Fabio Lago, Gloria Pires, Amaurih Oliveira, Caco Monteiro
País: Brasil
Gênero: Biografia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Downtown/Paris
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Biografia do `anjo bom da Bahia´. Foi uma das mais importantes, influentes e notórias ativistas humanitárias do Sec XX. Referência internacional, foi indicada ao Nobel da Paz em 1988. Em 2011 foi beatificada pelo Papa Bento XVI. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 13h50, 19h (Sala 5)
____


Debi & Lóide 2
(Dumb and Dumber To, 2014)
Direção: Bobby Farrelly, Peter Farrelly
Elenco: Jim Carrey, Jeff Daniels, Angela Kerecz, Laurie Holden, Kathleen Turner, Paul Blackthorne, Rob Riggle, Erika Bierman, Carly Craig, Lauren Henneberg, Rachel Melvin
Produção executiva: Marc S. Fischer, David Koplan
Produção: Riza Aziz, Bobby Farrelly, Peter Farrelly, Joey McFarland, Bradley Thomas, Charles B. Wessler
Classificação etária: 12 anos
País: Estados Unidos
Gênero: Comédia
Duração: 110 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Sinopse: Eles continuam os mesmos: engraçados, divertidos e ainda mais debiloides. Vinte anos após a sua última aventura, os bem-intencionados, porém não muito espertos, melhores amigos Harry Dunne (Jeff Daniels) e Lloyd Christmas (Jim Carrey) partem em busca da filha perdida de Harry, enquanto Lloyd tenta conquistar a sua mais nova paixão. No caminho, eles reencontram diversos personagens do passado e precisam aprender a lidar com responsabilidades para as quais nenhum deles está preparado. Os irmãos Bobby e Peter Farrelly assinam novamente a direção do filme, retomando a história de um de seus maiores sucessos. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h40, 16h10, 18h40 (Sala 6)
Legendado: 21h10 (Sala 6)
____


Made in China
(Made in China, 2014)
Direção: Estevão Ciavatta
Elenco: Regina Casé, Juliana Alves, Otávio Augusto, Xande de Pilares, Luis Lobianco, Gilberto Marmorosch, Yili Wang, Liou Sheanjiuan, Tony Lee
País: Brasil
Gênero: Comédia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: H2O Films
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Vendedora na Casa São Jorge, a loja de brinquedos de Seu Naz ir (Otávio Augusto), que fica na Saara, Francis (Regina Casé) decide investigar como os recém-chegados chineses da loja Casa do Dragão vendem mercadorias a preços tão baixos. Para salvar o comércio do patrão e garantir sua clientela, ela vai investigar os concorrentes com a ajuda do namorado Carlos Eduardo (Xande de Pilares) e da companheira de trabalho Andressa (Juliana Alves). (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 13h20, 19h30 (Sala 3)
____


A Mansão Mágica
(Le Manoir Magique, 2013)
Direção: Ben Stassen, Jeremy Degruson
Elenco: Vozes de: Cinda Adams, George Babbit, Murray Blue, Kathleen Browers, Joey Camen, Grant George, Shanelle Gray, Nina Grillo, Danny Mann
Produção executiva: Olivier Courson, Eric Dillens
Produção: Ben Stassen, Caroline Van Iseghem, Gilles Waterkeyn, Nadia Khamlichi
País: Bélgica
Gênero: Animação, Aventura
Duração: 85 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Classificação etária: livre
Sinopse: Abandonado pela família, o pequeno Trovão é acolhido na misteriosa mansão do mágico Leonardo. Sem imaginar onde está se metendo, ele encontra um divertido grupo de animais e uma incrível variedade de autômatos e aparelhos com poderes mágicos, que auxiliam o velho mago em seus truques. Porém, nem todos ficam felizes com a chegada do novo morador. Inconformados, o coelho Zeca e a rata Nina iniciam planos para expulsar Trovão de uma vez por todas. A situação piora ainda mais quando Leonardo vai parar no hospital e seu sobrinho tenta se aproveitar da situação para lucrar com a venda da mansão. Agora cabe ao jovem Trovão criar um plano para salvar o seu novo lar e provar que também merece um lugar na mansão mágica. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 15h20 (Sala 3)
____


Tim Maia
(Tim Maia, 2014)
Direção: Mauro Lima
Elenco: Babu Santana, Robson Nunes, Alinne Morais, Cauã Reymond, Laila Zaid, Valdinéia Soriano, Paulo Carvalho, Bryan Ruffo, Luis Lobianco, George Sauma, Tito Naville, Renata Guida
Prod. executiva: Raphael Mesquita, Rômulo Marinho Jr.
Produção: Rodrigo Teixeira
País: Brasil
Gênero: Biografia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Downtown/Paris
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Desde a sua infância pobre como entregador de marmitas no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, até a sua morte em 1998, o filme, baseado na biografia `Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia´, escrita por Nelson Motta, irá acompanhar a instigante trajetória da vida de Tim Maia, ainda desconhecida de alguns. Sem censura, sem restrições e sem julgamentos, fiel à memória rebelde, desbocada e transgressora de Tim Maia, Sua trajetória vertiginosa desafia a imaginação de qualquer contador de histórias e faz dele um dos personagens mais divertidos e originais do Brasil contemporâneo. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 16h, 21h20 (Sala 5)
____


Drácula - A História Nunca Contada
(Dracula Untold, 2014)
Direção: Gary Shore
Elenco: Luke Evans, Sarah Gadon, Dominic Cooper, Charles Dance, Samantha Barks, Charlie Cox, Zach McGowan, Noah Huntley, Paul Kaye, Tom Benedict Knight
Produção executiva: Joseph M. Caracciolo Jr., Jon Jashni, Alissa Phillips, Thomas Tull
Produção: Michael De Luca
Direção: Gary Shore
País: Estados Unidos
Gênero: Ação, Drama, Fantasia
Duração: 92 minutos
Distribuidor: Universal Pictures
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: A mitologia dos vampiros combinada com a história real do príncipe Vlad e a origem do Drácula. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 17h20, 21h40* (Sala 3)
* somente sexta, sábado e véspera de feriado
__________________________________________

Ingresso:
Valores Inteiros (exceto Sala 3D Digital):
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$11,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$ 15,00

Valores Inteiros para a Sala 3D Digital:
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$15,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$20,00.

No Cinema do Cariri Garden Shopping (Juazeiro do Norte-CE)
Site Orient Cinemas: http://www.orientcinemas.com.br/

Programação sujeita a alterações.

.

A navalha de Cazuza



por Amador Ribeiro Neto

Cazuza descobriu o Brasil. Escancarou a cara do país. A golpes de lâmina, é claro. Como convém a um poeta.

A navalha de sua “músicapoesia” cortou fundo. Deixou uma cicatriz para as cobaias de Deus continuarem seu (dele/delas) caminho. Afinal, ele disse: “o tempo não para”, “a burguesia fede” e “o nosso amor a gente inventa”.

Cazuza foi farol na praia de uma geração que mal conhecia o blues, ignorava a prevenção da Aids e vivia porraloucamente a ‘abertura política’ (promovida de cima pra baixo – e por militares). O garoto rebelde e insatisfeito com a vida burguesa que herdara não hesitou em colocar sua dor e seu tesão nas paradas de sucesso.

Ao som do blues e colado ao corpo da amada ele pede: “me avise quando for a hora”. Gritando um rock primitivo desafia: “Brasil, mostra tua cara”. Nos anos 80 ele é a voz e poesia de uma geração que tivera na Tropicália sua última escalada sócio-poético-musical.

Um jovem bonito e cheio de vontades mete o dedo na ferida dos corações aflitos e das mentes politicamente insatisfeitas. Une amor e política no mesmo palco. Sem sucumbir à pieguice política de uma certa corrente ‘engajada’ da MPB, surgida à época dos festivais, mantém-se atento às denúncias e avanços do melhor do rock internacional. Mas não se descuida da excelente MPB dos anos 20, 30 e 40, não sem razão conhecida como “Época de Ouro”.

Antenado com o ontem e o agora, nunca hesitou em expor as dores de um eu-lírico dilacerado pelo desamparo, pela falta de amor, pela inadequação ao mundo: “você me quer? / você cuida de mim? / mesmo que eu seja uma pessoa / egoísta e ruim?” ele pergunta sem dissimulações, mergulhado na poeticidade da linguagem infantil de um certo Bandeira. Mas se no poeta pernambucano o lado frágil e criança emerge em situações bem-humoradas (como em ‘Madrigal tão engraçadinho’), em Cazuza o adulto volta à infância através da (fratura) da carência afetiva (exposta).

Talvez por isto mesmo um de seus discos se intitule Só se for a 2, o que aponta para a inclusão do outro no projeto deste sujeito primeiro. O outro aparece como possibilidade do eu safar-se do inferno. O outro é figura fundante e fundamental. É a possibilidade do céu na terra. Ainda que provisoriamente.

Mas quem é este outro? É o homem, a mulher, o governo, a família, a religião, a droga, o sexo; enfim, os cambau. O outro é complemento de aproximação e repulsa. Motivo de amor e escárnio. O outro é, de fato, complemento indispensável. Tanto a solidão pessoal como a marginalidade social são inimigos combatidos pela evocação do outro.

A não segregação entre indivíduo apaixonado e prática política é uma das metas mais almejadas pelos artistas. Infelizmente a maior parte sucumbe a um ou outro polo. Com Cazuza não. Ele sente e sabe. Canta: “Meu partido é um coração partido”. Que deve ser entendido também como “Meu partido é um coração-partido”.

Por isto o eu de suas composições ama sobre jornais: retratos e representações da vida cotidiana. Política, lazer, economia, esporte, cultura, classificados. Todas as notícias, todos os assuntos, todos os temas se amalgamam em Cazuza

Assim, Rimbaud e Dolores Duran passeiam por suas letras e músicas de mãos, copos, drogas e corpos dados. Noel Rosa e Mick Jagger, idem. Lupicínio Rodrigues e Jack Kerouac são companheiros de estrada na busca desenfreada por sentidos para a vida nonsense. A busca por uma estabilidade emocional e sócio-política deste eu aflito encontra em Fassbinder e em Glauber Rocha a violência/virulência de imagens cinematográficas neobarrocas. Os ambientes soturnos de Fassbinder e o sol enlouquecedor de Glauber refletem-se/reverberam-se nos artifícios das letras e dos acordes de Cazuza. Viva Cazuza!
____

Amador Ribeiro Neto é poeta, crítico literário e de música popular. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Professor do curso de Letras da UFPB.

Publicado em Boca Escancarada, revista de Literatura e Artes, Ano 2, Nº 5, p. 18-19, maio-agosto de 2014 (Monteiro-PB).

Ilustração: Reginaldo Farias.

.

Gravação do programa Ceará Diverso na Praça Siqueira Campos, em Crato



Ceará Diverso Itinerante
Gravação do programa Ceará Diverso
Lançamento do cordel Porque eu uso chapéu, de Paulo Ernesto
Participações: Tranquilino Ripuxado, Epitácio Pessoa e Paulo Ernesto
Participação dos repentistas Agustinho de Oliveira e Marlon Torres
Apresentação: Vandinho Pereira
Sábado, 22 de novembro de 2014, 9h
Na Praça Siqueira Campos, Crato-CE.

.

Humorista Zé Lezin se apresenta em Juazeiro do Norte e Crato



Shows com o humorista Zé Lezin
Sexta-feira, 21 de novembro de 2014: na AABB de Juazeiro do Norte
Sábado, 22 de novembro de 2014: no Crato Tênis Clube
Mesas e ingressos à venda nas Farmácias Gentil 24h
+ info.: (88) 3512.2999.

.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Clube do Leitor: cordel abordando temáticas de gênero, raça e sexualidade



"Levantando as temáticas do aborto, da legalização da maconha, violência contra a mulher, homossexualidade, entre outras bastante pertinentes no mundo atual, Jarid Arraes transcreve de forma rimada e facilitada para que todos possam compreender o mundo das pessoas que sofrem preconceitos sociais/raciais/sexuais." (sinopse da divulgação do evento)

Clube do Leitor do CCBNB Cariri
Literatura de Cordel Feminista: abordando temáticas de gênero, raça e sexualidade
Facilitadora: Jarid Arraes
Coordenação: Henoque Viríssimo de Amorim
Mediação/Produção: Monte de Coisas
Quinta-feira, 20 de novembro de 2014, 17h30
No Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (CCBNB Cariri)
Biblioteca - 6º andar
Entrada gratuita.

.

'A Separação', filme de Asghar Farhadi, em exibição no Cinematógrapho



Cinematógrapho (com curadoria e mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme A Separação
Ficha técnica:
Título original: Jodaeiye Nader az Simin
Direção e roteiro: Asghar Farhadi
Elenco: Leila Hatami, Peiman Ma'adi, Shahab Hosseini, Sareh Bayat, Sarina Farhadi
Duração: 123 minutos
Ano: 2011
País de origem: Irã

"Um casal quer deixar o Irã. O marido, contudo, desiste da viagem, porque não quer abandonar seu pai, vítima de Alzheimer. A mulher, por sua vez, entra com um pedido de divórcio e deixa a casa em comum onde os dois viviam até então." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na quarta-feira, 19 de novembro de 2014, às 19h
No SESC Juazeiro do Norte-CE. Entrada gratuita.

.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Projeto Palestras Literárias: sobre as obras do Vestibular da URCA 2015.1



Palestras Literárias no SESC Crato
Obras literárias do Vestibular da URCA 2015.1

Novembro de 2014

18 de novembro de 2014 (terça-feira):
Contos Negreiros, de Marcelino Freire
com o Professor Elvis Pinheiro

19 de novembro (quarta-feira):
O Silêncio Laminado no Casulo, de Cleilson Ribeiro
com o Professor Emerson Cardoso

20 de novembro (quinta-feira):
Odes de Ricardo Reis, de Fernando Pessoa
com o Professor Flávio Queiroz

25 de novembro (terça-feira):
Para Viver um Grande Amor, de Vinicius de Moraes
com o Professor Elvis Pinheiro

26 de novembro (quarta-feira):
Faca, de Ronaldo Correia de Brito
com a Professora Eneida Feitosa

28 de novembro (sexta-feira):
Aves de Arribação, de Antonio Sales
com a Professora Eveline Graciano

Horário: 19h
No Teatro Adalberto Vamozi (SESC Crato-CE)
Entrada: 1kg de alimento não-perecível (a cada palestra)
+ info.: (88) 3523.4444.

.

Exposição 'Crato - o futuro do passado: uma cidade e suas infinitas dimensões'



Exposição:
Crato - O futuro do passado: uma cidade e suas infinitas dimensões
Abertura: 17 de novembro de 2014, 19h
Período de visitação: de 17 a 22 de novembro, das 16h às 21h
No Espaço Cultural RFFSA (Crato-CE).

.

'Short Cuts - Cenas da Vida', filme de Robert Altman, no Cinemarana



Cinemarana (com mediação de Elvis Pinheiro)
Exibição do filme Short Cuts - Cenas da Vida
Ficha técnica:
Título original: Short Cuts
Direção: Robert Altman
Roteiro: Robert Altman, Frank Barhydt
Elenco: Andie MacDowell, Bruce Davison, Jack Lemmon, Lane Cassidy, Julianne Moore, Matthew Modine, Anne Archer, Fred Ward, Jennifer Jason Leigh, Chris Penn, Joseph C. Hopkins
Duração: 183 minutos
Ano: 1993
País de origem: Estados Unidos

"Um painel da Los Angeles dos anos 90 a partir do atropelamento de uma criança, filha de apresentador de TV, por uma garçonete. Casais que não se entendem, pais e filhos que não se comunicam e amantes que não conseguem se integrar fazem parte da narrativa costurada a partir de oito contos de Raymond Carver. Vencedor do Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza." (sinopse da divulgação do evento)

Exibição na segunda-feira, 17 de novembro de 2014, às 19h
No SESC Crato-CE. Entrada gratuita.

.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Poesia do entre-lugar



por Amador Ribeiro Neto

Mário Alex Rosa (São João Del Rei-MG, 1966) é poeta, professor, artista plástico voltado para instalações poéticas, crítico literário e Doutor em Literatura Brasileira pela USP. Estreou em 2009 com Fresta, editado pelo poeta e tradutor Ronald Polito. Depois vieram os infantis ABC Futebol Clube e outros poemas (2007) e Formigas (2014). Ouro Preto (São Paulo: Editora Scriptum, 2012) e Via férrea (São Paulo: Editora Cosac Naify, 2013) são obras recentes que remetem-se uma à outra enquanto memória afetiva e histórico-existencial.

Poeta parcimonioso, seus livros condensam, em poucas páginas, alta voltagem poética. Cada título seu é expressão do melhor da poesia brasileira hoje. Por isto mesmo, causa-me estranheza e desconforto Via férrea não constar ao menos dos semifinalistas do Telecom e dos finalistas do Jabuti. Mas, enfim, os júris passam e a poesia fica. Sei que será assim com mais este livro.

A poesia de Mário Alex Rosa não se fixa num tempo e espaço. Nem quer-se contida nas molduras da memória. Embora valha destes recursos, ela os usa como signos que se debatem nas fronteiras, avançando em direção centrípeta para, a seguir, expulsar-se em movimento contrário.

Nesta pulsão de momentos e movimentos, traça, em pinceladas, o entre-lugar, o entretempo, a entre-história de uma vida que se arquiteta em projetos e se assombra no inesperado dos sobressaltos.

Uma poesia tecida de novidade em novidade num permanente desassossego. Uma  poesia feita de breves versos sobre pormenores do cotidiano. Reverberando a perplexidade do homem diante de seu tempo. Num lugar histórico que se oferece ao enfrentamento. Viver é instalar-se na dor incontornável e necessária. Pois dela advém a felicidade da sobrepujança.

Daí a força da epígrafe kafkiana: “A partir de certo ponto não há mais retorno”. Mas o inevitável não é uma contingência. É uma busca. Por isto mesmo segue o texto de Kafka: “É exatamente esse o ponto que devemos alcançar”.

Mário Alex Rosa, poeta, impôs-se esta meta. Cumpriu com admirável desenvoltura. Numa dicção particular. Num livro tecido como malha de concreto e nuvem. Amalgamadas. É o que encontramos, por exemplo, em “Deriva”: “No risco da tarde, a primeira linha pouco se via. / Tudo era parte e tudo se espatifava. / Neutro de si, você cruzava outra via, férrea. / Enquanto a palavra dava um coice. // Afastar-se da luz gera abismos. / Afastar-se de si não muda a sombra: / fica-se à deriva”.

O diálogo com Drummond estabelece-se tanto na referência ao uso da memória quanto na entonação e na semântica do discurso. De forma diferente aparece Cabral: o poeta pernambucano oferece mote para um poema que lhe é paródico. Paródico enquanto “canto paralelo” na feliz acepção que lhe emprestou Haroldo de Campos.

Dizer que Via férrea é caminho para um único poema é tomar o livro por aquilo que ele tem de mais explícito. E menos rico. A sagacidade do volume está nas reentrâncias de um entre-lugar que oscila entre o esboçado, o entrevisto e a passagem. Melhor: a transição propriamente dita, já que a tarde é tema recorrente da obra.
____

Amador Ribeiro Neto é poeta, crítico literário e de música popular. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Professor do curso de Letras da UFPB.

Publicado pelo jornal Contraponto, de João Pessoa-PB. Caderno B, coluna “Augusta Poesia”, dia 07 de novembro de 2014, p. B-7.

.

Sexta do Repente: Cantoria de Bandeja, com Rafael Neto e Marlon Torres



Sexta do Repente
Cantoria de Bandeja
Com Rafael Neto (BA) e Marlon Torres (CE)
Sexta-feira, 14 de novembro de 2014, 19h
No Centro Cultural da RFFSA (Crato-CE).

.

Encenações do espetáculo BR-Trans em Juazeiro do Norte e Nova Olinda



Espetáculo BR-Trans
Coletivo Artístico As Travestidas - Fortaleza-CE e SOMOS-RS
Direção: Jezebel de Carli
Entrada gratuita.

Sexta-feira, 14 de novembro de 2014, 19h30:
No Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB Cariri (Juazeiro do Norte-CE)
Distribuição de ingressos meia hora antes do espetáculo

Sábado, 15 de novembro de 2014, 19h30:
No Teatro Violeta Arraes, Fundação Casa Grande (Nova Olinda-CE).

.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Programação Orient Cinemas Cariri Shopping - de 13/11 a 18/11/2014

Irmã Dulce
(Irmã Dulce, 2014)
Direção: Vicente Amorim
Roteiro: Anna Muylaert
Produção: Iafa Britz
Elenco: 
Bianca Comparato, Regina Braga, Gracindo Junior, Malu Vale, Zezé Polessa, Irene Ravache, Fabio Lago, Gloria Pires, Amaurih Oliveira, Caco Monteiro
País: Brasil
Gênero: Biografia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Downtown/Paris
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Biografia do `anjo bom da Bahia´. Foi uma das mais importantes, influentes e notórias ativistas humanitárias do Sec XX. Referência internacional, foi indicada ao Nobel da Paz em 1988. Em 2011 foi beatificada pelo Papa Bento XVI. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 13h, 15h, 17h10, 19h20, 21h30 (Sala 1)
____


Debi & Lóide 2
(Dumb and Dumber To, 2014)
Direção: Bobby Farrelly, Peter Farrelly
Elenco: Jim Carrey, Jeff Daniels, Angela Kerecz, Laurie Holden, Kathleen Turner, Paul Blackthorne, Rob Riggle, Erika Bierman, Carly Craig, Lauren Henneberg, Rachel Melvin
Produção executiva: Marc S. Fischer, David Koplan
Produção: Riza Aziz, Bobby Farrelly, Peter Farrelly, Joey McFarland, Bradley Thomas, Charles B. Wessler
Classificação etária: 12 anos
País: Estados Unidos
Gênero: Comédia
Duração: 110 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Sinopse: Eles continuam os mesmos: engraçados, divertidos e ainda mais debiloides. Vinte anos após a sua última aventura, os bem-intencionados, porém não muito espertos, melhores amigos Harry Dunne (Jeff Daniels) e Lloyd Christmas (Jim Carrey) partem em busca da filha perdida de Harry, enquanto Lloyd tenta conquistar a sua mais nova paixão. No caminho, eles reencontram diversos personagens do passado e precisam aprender a lidar com responsabilidades para as quais nenhum deles está preparado. Os irmãos Bobby e Peter Farrelly assinam novamente a direção do filme, retomando a história de um de seus maiores sucessos. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h30, 16h, 18h30 (Sala 2)
Legendado: 21h (Sala 2)
____


Made in China
(Made in China, 2014)
Direção: Estevão Ciavatta
Elenco: Regina Casé, Juliana Alves, Otávio Augusto, Xande de Pilares, Luis Lobianco, Gilberto Marmorosch, Yili Wang, Liou Sheanjiuan, Tony Lee
País: Brasil
Gênero: Comédia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: H2O Films
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Vendedora na Casa São Jorge, a loja de brinquedos de Seu Naz ir (Otávio Augusto), que fica na Saara, Francis (Regina Casé) decide investigar como os recém-chegados chineses da loja Casa do Dragão vendem mercadorias a preços tão baixos. Para salvar o comércio do patrão e garantir sua clientela, ela vai investigar os concorrentes com a ajuda do namorado Carlos Eduardo (Xande de Pilares) e da companheira de trabalho Andressa (Juliana Alves). (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 13h, 15h10, 17h20, 19h30, 21h40 (Sala 4)
____


A Mansão Mágica
(Le Manoir Magique, 2013)
Direção: Ben Stassen, Jeremy Degruson
Elenco: Vozes de: Cinda Adams, George Babbit, Murray Blue, Kathleen Browers, Joey Camen, Grant George, Shanelle Gray, Nina Grillo, Danny Mann
Produção executiva: Olivier Courson, Eric Dillens
Produção: Ben Stassen, Caroline Van Iseghem, Gilles Waterkeyn, Nadia Khamlichi
País: Bélgica
Gênero: Animação, Aventura
Duração: 85 minutos
Distribuidor: Imagem Filmes
Classificação etária: livre
Sinopse: Abandonado pela família, o pequeno Trovão é acolhido na misteriosa mansão do mágico Leonardo. Sem imaginar onde está se metendo, ele encontra um divertido grupo de animais e uma incrível variedade de autômatos e aparelhos com poderes mágicos, que auxiliam o velho mago em seus truques. Porém, nem todos ficam felizes com a chegada do novo morador. Inconformados, o coelho Zeca e a rata Nina iniciam planos para expulsar Trovão de uma vez por todas. A situação piora ainda mais quando Leonardo vai parar no hospital e seu sobrinho tenta se aproveitar da situação para lucrar com a venda da mansão. Agora cabe ao jovem Trovão criar um plano para salvar o seu novo lar e provar que também merece um lugar na mansão mágica. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 14h50, 16h50 (Sala 5)
____


Tim Maia
(Tim Maia, 2014)
Direção: Mauro Lima
Elenco: Babu Santana, Robson Nunes, Alinne Morais, Cauã Reymond, Laila Zaid, Valdinéia Soriano, Paulo Carvalho, Bryan Ruffo, Luis Lobianco, George Sauma, Tito Naville, Renata Guida
Prod. executiva: Raphael Mesquita, Rômulo Marinho Jr.
Produção: Rodrigo Teixeira
País: Brasil
Gênero: Biografia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Downtown/Paris
Classificação etária: 16 anos
Sinopse: Desde a sua infância pobre como entregador de marmitas no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, até a sua morte em 1998, o filme, baseado na biografia `Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia´, escrita por Nelson Motta, irá acompanhar a instigante trajetória da vida de Tim Maia, ainda desconhecida de alguns. Sem censura, sem restrições e sem julgamentos, fiel à memória rebelde, desbocada e transgressora de Tim Maia, Sua trajetória vertiginosa desafia a imaginação de qualquer contador de histórias e faz dele um dos personagens mais divertidos e originais do Brasil contemporâneo. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 14h40, 17h40, 20h40 (Sala 3)
____


Drácula - A História Nunca Contada
(Dracula Untold, 2014)
Direção: Gary Shore
Elenco: Luke Evans, Sarah Gadon, Dominic Cooper, Charles Dance, Samantha Barks, Charlie Cox, Zach McGowan, Noah Huntley, Paul Kaye, Tom Benedict Knight
Produção executiva: Joseph M. Caracciolo Jr., Jon Jashni, Alissa Phillips, Thomas Tull
Produção: Michael De Luca
Direção: Gary Shore
País: Estados Unidos
Gênero: Ação, Drama, Fantasia
Duração: 92 minutos
Distribuidor: Universal Pictures
Classificação etária: 14 anos
Sinopse: A mitologia dos vampiros combinada com a história real do príncipe Vlad e a origem do Drácula. (para assistir ao trailer, clique aqui)

Dublado: 13h10, 15h20, 17h30, 19h40 (Sala 6)
Legendado: 21h50 (Sala 6)
____


O Candidato Honesto
(O Candidato Honesto, 2014)
Direção: Roberto Santucci
Elenco: Leandro Hassum, Luiza Vadetaro, Julia Rabello, Ellen Roche, Victor Leal, Flavio Galvão, Henri Pagnoncelli, Flavia Garrafa, Antônio Pedro, Rafael Infante
País: Brasil
Gênero: Comédia
Duração: 100 minutos
Distribuidor: Downtown/Paris
Classificação: 12 anos
Sinopse: Leandro Hassum é um político muito popular e muito desonesto. Mente para mulher, mente pros colegas, mente pro seu eleitorado. 2014 é ano de eleição para Presidente da República. Nosso Deputado é candidato e com fortes chances de ser eleito. Na véspera de um grande comício, ele cai no chão e quando se levanta algo estranho acontece: ele não consegue mais mentir. Como nosso deputado vai lidar com sua nova situação 'ética'? (para assistir ao trailer, clique aqui)

Filme nacional: 18h50, 21h20 (Sala 5)
___________________________________

Ingresso:
Valores Inteiros (exceto Sala 3D Digital):
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$11,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$ 15,00

Valores Inteiros para a Sala 3D Digital:
Segunda, terça e quarta (exceto feriado e véspera de feriado): R$15,00 (o dia todo)
De quinta a domingo (e feriado): R$20,00.

No Cinema do Cariri Garden Shopping (Juazeiro do Norte-CE)
Site Orient Cinemas: http://www.orientcinemas.com.br/

Programação sujeita a alterações.

.